Yoel Romero afirma que ‘Borrachinha’ foi flagrado em exame antidoping e retirado da luta

Paulo ‘Borrachinha’ estava previamente escalado para enfrentar Romero – Diego Ribas

Previamente escalados para medirem forças em abril, Yoel Romero e Paulo ‘Borrachinha’ não se encontrarão mais no octógono. O veterano Ronaldo ‘Jacaré’ foi confirmado pela organização no lugar da promessa brasileira, em movimento que levantou dúvidas sobre a silenciosa troca de posições. E nesta segunda-feira (11) o wrestler cubano tratou de colocar polêmica na história.

Durante entrevista ao programa ‘Ariel Helwani’s MMA Show’, Romero afirmou que Borrachinha teria testado positivo para o uso de alguma substância proibida em algum teste da USADA (agência antidoping americana) e que por isso teria sido removido da disputa.

“Pelo que eu ouvi, o Paulo Costa foi testado positivo pela USADA. Foi isso o que aconteceu. O UFC ligou para meu manager e disse que o Paulo Costa está fora porque testou positivo. ‘Agora precisamos ver outro oponente. Temos o ‘Jacaré’ Souza’. Eu disse ok”, narrou, com a voz rouca e calma de costume.

Ao longo da entrevista, Romero afirmou que não tinha maiores detalhes sobre que substância teria sido ingerida pelo atleta ou que tipo de suspensão ele correria risco de sofrer. Até o momento, a USADA não se pronunciou oficialmente sobre o caso, mas de acordo com o novo regulamento da entidade, até que o caso seja previamente analisado nenhuma informação pode ser divulgada.

Questionada pela reportagem da Ag. Fight, a equipe de Paulo Borrachinha não se manifestou. Jacaré e Romero se enfrentam no main event do UFC Flórida, no dia 27 de abril, em revanche do combate realizado em dezembro de 2015, quando o cubano levou a melhor por decisão dividida dos jurados.

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *