Whittaker propõe unificação de títulos dos médios e dos leves em card na Austrália

O UFC 236, realizado no dia 13 de abril, em Atlanta (EUA), consagrou Dustin Poirier e Israel Adesanya como os cinturões interinos dos pesos-leves (70 kg) e dos médios (84 kg), respectivamente. E, no que depender do campeão peso-médio Robert Whittaker, os combates pela unificação dos títulos também ocorrerão no mesmo card – desta vez na Austrália, país em que reside atualmente.

Por meio do seu perfil oficial no Instagram (veja abaixo ou clique aqui), Whittaker compartilhou uma montagem em que aparecem ele, Adesanya, Khabib Nurmagomedov – campeão linear dos leves – e Poirier. Além disso, projetou que o evento ocorra na cidade de Sydney, em setembro.

“Ótima ideia, @royalmmanews (perfil que originalmente compartilhou a imagem). Estádio em Sydney (Austrália). Setembro. Agende isso, Dana (White, presidente do UFC). Vamos lá, Mick Maynard (vice-presidente de Relacionamento com Atletas do Ultimate). Quem topa?”, escreveu o campeão dos médios.

Aos 28 anos, Whittaker não pisa no octógono desde junho de 2018, quando derrotou Yoel Romero por decisão dividida dos jurados. Ele enfrentaria Kelvin Gastelum em fevereiro, mas sentiu uma hérnia abdominal no dia da luta e acabou deixando o card para fazer uma cirurgia de antecedência. Ao longo da carreira profissional como lutador de MMA, Robert somou, até o momento, 20 triunfos e quatro derrotas em seu cartel. 

 

 
 
 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 

Great idea @royallmmanews 👊🏽Stadium in Sydney! 🇦🇺🇳🇿v 🇳🇬 and 🦅v💎 UFC___ #september #bookitdana #letsgo @mickmaynard2 Who’s in??

Uma publicação compartilhada por Robert Whittaker (@robwhittakermma) em