Werdum relembra período de treinamento com Volkov: “Bem perigoso”

Fabrício Werdum estará na luta principal do UFC Londres – Diego Ribas

Fabrício Werdum se prepara para voltar ao octógono no UFC Londres, marcado para o dia 17 de março. A luta principal do evento será protagonizada pelo brasileiro e Alexander Volkov, que já se conhecem muito além do octógono há algum tempo. Isso porque os pesos-pesados passaram algumas semanas treinando juntos na Kings MMA, e o gaúcho analisou o jogo do seu oponente.

Em entrevista exclusiva à reportagem da Ag. Fight, Werdum explicou que o fato de ter treinado com o russo não pode ser considerado uma vantagem para o confronto. O ex-campeão dos pesados ainda ressaltou que a postura durante o treinamento e a luta são diferentes, o que anula o que aprendeu a partir dos momentos que teve ao lado de Volkov.

“Volkov é um cara bem perigoso. Ele tem mostrado isso não só no UFC, mas já vem mostrando isso há um tempo. Foi campeão do Bellator, se eu não me engano. É um cara que realmente tem a envergadura muito boa, muito alto. É um peso-pesado mesmo. Tem o muay thai muito bom, mas não tem o chão. A comparação dele da parte em pé com o chão é completamente diferente. Mas a parte de pé é muito apurada, então tem que ter muito cuidado com tudo. Vou fazer uma luta inteligente, porque ele é um cara bom”, assegurou o brasileiro.

“Eu acompanhava ele até ele treinar com a gente. Ele treinou com a gente um tempo, algumas semanas. Mas não posso me basear no treinamento dele, porque é completamente diferente. Treinar e lutar são coisas diferentes. Eu nunca tinha visto ele, mas eu sabia quem era. Ele é um cara muito grande e sabe usar a envergadura que tem. Depois que eu o conheci fiquei sabendo mais dele”.

Caso saia com a vitória, o ex-campeão dos pesados chegaria ao seu terceiro resultado positivo consecutivo. Mesmo que tenha expectativas para ser o próximo da fila em uma disputa de cinturão, Werdum garantiu que não ficará aguardando pelo title-shot. Ao melhor estilo “funcionário do UFC”, o gaúcho deixou claro que pode encarar outro desafio ao invés de esperar pelo vencedor de Stipe Miocic e Daniel Cormier, pelo título da categoria.

“Depende muito dessa luta para saber o que vou fazer depois. Claro que quero lutar com o Stipe Miocic ou com o Cormier, não importa quem seja. O importante é lutar pelo cinturão, que é meu grande objetivo pela terceira vez. Já lutei duas vezes pelo cinturão, tive essa sorte de ser o campeão duas vezes. Mas também não quero ficar esperando muito não. Se o UFC chegar e falar: ‘Werdum, você vai ser o próximo’, vou diretamente pelo cinturão, não vou fazer nenhuma outra luta. Mas se eu tiver que esperar, vou fazer alguma outra luta. Eu quero lutar, não quero ficar parado. Sei que a oportunidade vai chegar, esse ano mesmo acredito que eu seja campeão de novo”, prometeu o lutador.

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.