Virou pessoal! Kamaru Usman admite motivação extra para enfrentar Colby Covington

Usman pretende se tornar um campeão ativo durante seu reinado no UFC – Gaspar Bruno

Colby Covington é um descendente da linhagem provocadora de Conor McGregor. E, assim como o astro irlandês, o americano por vezes ultrapassa certos limites ao fazer declarações polêmicas. Justamente por esse motivo, Kamaru Usman – campeão dos meio-médios (77 kg) do UFC – garantiu que, caso venha a enfrentar ‘Chaos’, terá uma motivação extra dentro do octógono.

Covington normalmente provoca seus próximos adversários, mas costuma ir além. O falastrão americano, inclusive, já fez declarações ofensivas com relação ao Brasil que mancharam sua imagem no país. E Usman, durante sua passagem pelo Rio de Janeiro para o card de número 237, afirmou que vai dedicar sua possível vitória diante de Colby aos brasileiros – o nigeriano, inclusive, é casado com uma.

“Sim (envolve questão pessoal). Existe uma certa linha – estamos todos no entretenimento no final das contas – mas existe essa barreira que você não pode cruzar, porque você também é um ser humano. E ele passou desse limite algumas vezes tentando dar show. É claro que vou ter uma motivação extra: quando eu bater nele, vou dar um gás a mais pelos brasileiros, africanos, muçulmanos, por todos”, admitiu Usman, antes de explicar o histórico entre os dois.

“Quero lutar com o Colby, porque já é um desejo meu de três anos. Em várias oportunidades, me ofereceram essa luta, pelo menos umas 4 ou 5 vezes, e eu aceitei todas. Foi ele quem recusou, mas agora não tem mais para onde correr. A desculpa dele antes era: ‘Estou perseguindo o título’. O título está aqui agora. E aí? Se eles fizerem essa luta, ótimo. Mas se não fizerem também, paciência. Ele fez dele mesmo o vilão, e eu amo isso”, completou o nigeriano.

No entanto, os fãs ansiosos para assistirem esse confronto repleto de rivalidade terão que esperar. Afinal de contas, Usman se recupera de uma operação realizada após seu último combate, em março deste ano. ‘The Nigerian Nightmare’, como é conhecido, ainda não voltou a treinar normalmente, mas planeja voltar aos octógonos ainda nesta temporada.

“Claro que essa é a luta que eu e todos querem, mas ainda falta acertar algumas coisas. Primeiro e mais importante é a minha saúde. Passei por uma grande cirurgia após a minha última luta, então quero focar até eu poder voltar a treinar na academia normalmente. Não poder treinar está me matando. Quero voltar logo. A coisa mais importante é voltar a lutar para ser o campeão ativo que sempre quis ser. Devo estar apto para voltar a treinar dentro de alguns meses. Então, no final do ano, com certeza devo lutar”, concluiu Kamaru, durante entrevista coletiva nos bastidores do UFC 237, que contou com a presença da reportagem da Ag Fight.