USADA anuncia data de liberação de Lesnar e abre espaço para title shot de Shogun; entenda

Maurício ‘Shogun’ venceu suas últimas três lutas – Erik Engelhart

A USADA (agência antidoping americana) anunciou, em comunicado enviado à imprensa na última segunda-feira (9), que Brock Lesnar já foi incluído novamente no rol de lutadores a serem testados para substâncias proibidas. Além disso, a entidade informou que o ex-campeão peso-pesado será liberado de sua suspensão por doping em 8 de janeiro.

Isso acontece porque, embora Lesnar tenha recebido, em dezembro de 2016, a punição de um ano sem lutar retroativa ao combate contra Mark Hunt, em julho daquele ano, o ex-lutador de telecatch havia anunciado sua aposentadoria, o que interrompeu o prazo de prescrição da suspensão. Com o anúncio de que vai voltar a entrar no octógono, a punição voltou a correr normalmente.

“Depois de receber a informação de sua intenção de competir no UFC, a USADA recolocou Brock Lesnar no grupo de testes no dia 3 de julho. Com seis meses e quatro dias faltando em seu período de indisponibilidade, Lesnar estará apto a competir no dia 8 de janeiro de 2019 ou depois, devendo se manter em conformidade com a política antidoping do UFC”, informou a entidade em nota.

A notícia pode ser muito oportuna para Maurício ‘Shogun’ Rua. O brasileiro, que vem de três vitórias consecutivas na categoria meio-pesado (93 kg), enfrenta Anthony Smith no próximo dia 22, em Hamburgo. E, na última segunda (9), Daniel Cormier, campeão da categoria – e agora também dos pesados – sinalizou que gostaria de enfrentar Shogun antes de Lesnar. Como o ex-WWE só poderá voltar ao octógono a partir de janeiro, surge um intervalo de tempo de pelo menos cinco meses para que seja marcado um duelo entre ‘DC’ e o paranaense. Isso, evidentemente, se ele derrotar Smith.

Depois do UFC 226, quando Cormier nocauteou Stipe Miocic e unificou os cinturões meio-pesado e pesado, o presidente do Ultimate, Dana White, confirmou que a intenção da empresa é fazer uma luta entre Daniel e Lesnar – o que já havia ficado claro momentos antes, quando Brock subiu ao octógono ao ser desafiado pelo novo campeão. A luta, porém, acontecerá apenas em 2019.

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.