“Tranquilão” às vésperas de estrear no UFC, brasileiro vê adversário pressionado

Bontorin vai estrear no UFC em Fortaleza, dia 2 de fevereiro – Reprodução/Instagram

Rogério Bontorin terá pela frente o maior desafio de sua carreira no MMA. Afinal de contas, o brasileiro está prestes a estrear na maior liga de artes marciais do planeta. No entanto, o peso-mosca (57 kg) declarou que está “tranquilão” e garantiu, em entrevista exclusiva à Ag Fight, que a ansiedade não será um adversário no seu debute no UFC.

O lutador enfrenta o russo Magomed Bibulatov no dia 2 de fevereiro, no UFC Fortaleza. E, de acordo com Rogério, estrear em casa ajuda ainda mais. Natural de Colombo, na Região Metropolitana de Curitiba, o lutador pretende levar consigo para o octógono a simplicidade e a calmaria típicas de sua cidade natal.

“É melhor estrear aqui no Brasil mesmo. Mesma língua e tudo. Dá uma aliviada. Estou conseguindo treinar mais agora, não o tanto que eu queria ainda, mas estou focado e não estou tão ansioso. Estou tranquilão. Estou treinando, seguindo o meu trabalho e estou pronto para estrear”, garantiu.

O atleta se desloca diariamente de sua cidade até Curitiba, onde realiza seu camp. Bontorin admitiu que por vezes não consegue fazer o trajeto e tem que improvisar algum treino em Colombo, mantendo a forma física na chácara de sua família. Embalado por duas vitórias seguidas, o brasileiro acredita que seu rival, que vem de derrota no UFC, está pressionado – e pretende usar isso a seu favor durante o combate.

“Eu acho que ele deve estar focado também, porque está sob pressão. Mas lutar aqui é outra pressão também. Então, isso pode acabar me ajudando até um pouco”, opinou o peso-mosca, durante conversa com a Ag Fight.

Com apenas 26 anos, o brasileiro já disputou 16 combates profissionais de MMA, com 14 vitórias, uma derrota e um ‘no contest’ (duelo sem resultado). Com passagens por eventos como Brave e XFC, Rogério agora fará parte da maior liga do mundo, o UFC.

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.