Telecatch ou MMA? Lutador brasileiro impressiona com golpes inusitados; veja

Se no MMA o público preza, cada vez mais, pelo entretenimento, Michel Pereira é o lutador perfeito. Os fãs que assistiram o último combate do brasileiro nesse sábado (23) não podem reclamar de falta de emoção. Com golpes pouco convencionais e direito a salto mortal como forma de ataque, o paraense se mostrou um verdadeiro ‘showman’ dentro do octógono do ‘Road FC’ – liga sul-coreana de MMA.

Em determinado momento, era possível confundir o duelo com um espetáculo de pro-wrestling, tamanha a plasticidade dos golpes aplicados por Michel (veja abaixo ou clique aqui). No ápice de suas ‘loucuras’, o brasileiro subiu no cage e tentou acertar seu adversário – que estava deitado – com um mortal para trás, movimento semelhante a um bastante visto na WWE, principal liga de telecatch americana.

O leque de truques inusitados não parou por aí. Durante o combate, Pereira usou a grade como impulso para aplicar chutes plásticos e ‘superman punches’. E, como se não bastasse, ‘Demolidor’, como é conhecido, conectou até uma voadora no rosto de seu adversário, no melhor estilo Fabricio Werdum.

Mas, apesar de todos os golpes plásticos, foram os movimentos mais convencionais que deram a vitória ao brasileiro. Com uma sequência inabalável de joelhadas na posição de clinch de muay thai, Michel liquidou a fatura contra Dae Sung Kim. O combate foi válido pela 52ª edição do Road FC.