Santiago Ponzinibbio elogia Pettis por nocaute e sugere luta entre os dois

‘Gente Boa’ desafiou Rafael dos Anjos, mas viu o brasileiro acertar com Kevin Lee – Diego Ribas

Santiago Ponzinibbio parece em uma espécie de limbo dentro do ranking dos meio-médios (77 kg) do UFC. Atual nono colocado na listagem, o argentino tem, acima dele, muitos atletas que acabaram de lutar ou já têm combate marcado, o que pode frear sua ascensão rumo ao título. Mas, segundo o ‘Gente Boa’, ainda é possível agendar lutas vantajosas.

Tentando auxiliar o trabalho dos matchmakers do UFC, ele deu dois exemplos: Anthony Pettis e Tyron Woodley. Pettis surpreendeu no último sábado (23) ao nocautear Stephen Thompson no UFC Nashville. ‘Showtime’ era o maior azarão do card, mas, depois de perder o primeiro round, acertou um ‘superman punch’ que apagou o oponente.

O nocaute fulminante elevou o moral de Anthony na divisão, tanto que, em sua primeira aparição no ranking dos meio-médios, ele já apareceu à frente de Santiago, no oitavo posto. Ponzinibbio elencou o ex-campeão dos leves (70 kg) como potencial adversário.

“Depois desse sábado, Anthony Pettis é uma boa opção. Ele pareceu incrível em 77 kg. Tyron Woodley é uma ótima luta. Ele é um lutador muito duro. Ele perdeu o título, mas foi uma luta. Não importa. Ele venceu Thompson, venceu muitos caras bons… Acho que seria uma opção muito boa. Há muitos bons nomes nesta divisão agora”, falou em entrevista ao site ‘MMA Junkie’. 

O pedido para enfrentar Woodley, entretanto, não deve ser atendido pelo Ultimate. Na última quarta-feira (27), o presidente da organização, Dana White, declarou à emissora americana ‘ESPN’ que Tyron e Robbie Lawler farão a luta principal do UFC Minneapolis, em 29 de junho.