Rockhold acusa Anthony Smith de covardia por aceitar luta com Gustafsson; entenda

Rockhold vai estrear nos meio-pesados contra Jan Blachowicz – Florian Sädler

Luke Rockhold já tem luta marcada para sua estreia nos meio-pesados (93 kg) do UFC. Mas ele não perde de vista uma possível luta contra Anthony Smith, que aproveitou a entrevista coletiva da última sexta (12) para prometer “abrir um buraco” no rosto do ex-campeão dos médios (84 kg). Rockhold afirmou que dominaria Smith no octógono e que, por isso, ‘Lionheart’ optou por enfrentar Alexander Gustafsson em 1º de junho, em Estocolmo.

Em entrevista ao site ‘TMZ Sports’, Rockhold ironizou a declaração de Smith e afirmou que vai observar Gustafsson vencê-lo sem dificuldade. Luke declarou ainda que Anthony não tem qualidades suficientes para ser temido na categoria.

“Não acho muita coisa de Anthony Smith. Não acho que ele seja muito duro ou técnico ou talentoso. Ele não tem o que é necessário. Seria um constrangimento para Anthony Smith. Ele não vai perfurar nada. [Risos] Eu vou dominar esse garoto do começo ao fim onde quer que ele queira ir. Ele realmente não está no meu radar. Eu vou fazer as minhas coisas e vou gostar de vê-lo ser espancado em Estocolmo”, falou.

Segundo Rockhold, Smith atendeu a um pedido do Ultimate, que precisava de um ‘main event’ para o UFC Estocolmo. O ex-campeão afirmou que a declaração ácida de Anthony é resultado de uma falta de capacidade de lidar com fatos.

“A verdade dói. Não sei. Algumas pessoas simplesmente não conseguem lidar com a verdade, e isso é um problema. Eu sempre vou dizê-la. Ele pode continuar falando, mas ele teve a oportunidade dele. Ele poderia ser homem, em vez de ser uma p*** e se comportar como garoto de recados do UFC (…) Há a coragem para aceitar lutas e há a coragem para não topá-las. Eu vi a entrevista dele e obviamente ele não queria aceitar esta luta (contra Gustafsson). Ele queria tirar um tempo livre. Ele poderia ter feito isso. Ele poderia bancar o que disse, porque eu estaria aqui. A primeira coisa que eu falei ao UFC depois daquela luta foi: ‘Faça isso acontecer’. Mas, então, ele fugiu e foi para Estocolmo”, criticou Luke.

Rockhold vai começar sua jornada nos meio-pesados contra Jan Blachowicz, em 6 de julho, pelo UFC 239. O evento conta também com a disputa do título da categoria entre Jon Jones e Thiago ‘Marreta”. Na luta coprincipal, Amanda Nunes encara Holly Holm pelo cinturão peso-galo (61 kg) feminino.