Rival de Kron Gracie no UFC revela que foi expulso de academias de jiu-jitsu

O veterano americano Swanson não sabe o que é vencer desde abril de 2017 – Diego Ribas

Cub Swanson é um veterano do MMA e faixa-preta de jiu-jitsu. Mas mesmo com o currículo respeitável, o peso-pena (66 kg) tem tido dificuldades em encontrar academias em que ele possa afiar suas habilidades na arte suave. O motivo? Seu próximo adversário no Ultimate, o brasileiro Kron Gracie.

De acordo com o atleta americano, o fato de um membro da família Gracie ser seu próximo adversário no UFC fez com que as experiências em diversas academias tenham sido um tanto quanto hostis. A ponto, inclusive, de Swanson ter sido impedido de treinar e expulso em algumas oportunidades.

“Não fui capaz de treinar tanto jiu-jitsu porque ele é um Gracie, e ele carrega esse nome, é interessante. Fui expulso de algumas academias de jiu-jitsu por causa desse respeito. Eles não querem treinar alguém que não é um Gracie, e isso me irrita profundamente”, revelou Cub, antes de revelar sua relação com o jiu-jitsu.

“É isso que quis dizer com dar um passo atrás, porque quando conheci o jiu-jitsu como esporte, ajudou a salvar minha vida. Estava indo pelo caminho errado, me envolvendo em confusões, mas encontrei o jiu-jistu. Me apaixonei e competia direto, virou uma paixão. Sempre fui muito fã da família Gracie e de tudo que eles fizeram. Mas depois de competir e fazer tudo isso, aprendi a politicagem envolvida no esporte e o quão ridículo ela pode ser. Isso deixou um gosto amargo em mim, e por isso foquei mais no MMA”, completou o americano, em entrevista ao ‘UFC Unfiltered’.

O confronto entre os dois está agendado para o dia 12 de outubro, em Tampa (EUA). Cub tenta se redimir e deixar a má fase de lado – já são quatro derrotas consecutivas -, enquanto Kron busca manter sua invencibilidade na curta carreira no MMA, são cinco triunfos ao todo, o último deles como atleta do Ultimate.