Resignado, Thompson assume que não lembra de ter sido nocauteado por Pettis

Thompson foi nocauteado pela primeira vez no MMA – Diego Ribas

Aos 36 anos, Stephen Thompson conheceu no último sábado (23) o que é ser nocauteado em uma luta de MMA. Com 19 combates profissionais, ‘Wonderboy’ chegou ao UFC Nashville como o maior favorito do card, mas sucumbiu a um ‘superman punch’ aplicado por Anthony Pettis, que estreava nos meio-médios (77 kg) da organização.

O americano foi levado ao hospital logo depois do duelo, por isso não concedeu entrevista coletiva. Mas, por meio de uma transmissão ao vivo no quarto, pronunciou-se aos seus fãs. Apesar de sua condição ainda inspirar cuidados naquele momento, Thompson estava com o semblante tranquilo – sorridente, até.

“Estou no hospital. Acabei de ser nocauteado. Não me lembro de absolutamente nada. Tudo o que eu me lembro é de bater na cara dele, ver o nariz dele sangrar e, então, acordar de costas no chão. Mas estou ok, está tudo bem. M***** acontecem, sabe? Acontecem. Especialmente, quando você está neste esporte há algum tempo”, declarou.

Com o resultado, Thompson sofreu a segunda derrota consecutiva. ‘Wonderboy’ chegou ao cargo de desafiante ao título em 2016, mas desde então não conseguiu emendar vitórias. Ele empatou o primeiro confronto diante de Tyron Woodley e foi derrotado por decisão majoritária no segundo. Após triunfar contra Jorge Masvidal no fim de 2017, perdeu para Darren Till, em 2018, e Pettis, no último sábado.