Rani Yahya é anulado no UFC 234 e dá adeus a invencibilidade de quase dois anos

Rani Yahya foi anulado por Ricky Simón durante os três rounds – Jon Roberts/ Ag Fight

Ex-campeão do ADCC, maior torneio de luta agarrada do mundo, o brasileiro Rani Yahya apareceu neste sábado (9) disposto a tentar repetir o show de jiu-jitsu que marcou suas últimas apresentações no octógono do UFC. No entanto, ao ficar diante de Ricky Simón, o peso-galo (61 kg) não conseguiu impor seu jogo e acabou anotando a décima derrota de sua carreira no MMA – a primeira desde março de 2017.

Monotemático, Rani passou três rounds tentando acertar o adversário com diretos de direita enquanto usava a oportunidade para tentar clinchar e levar a disputa para o solo. Com pouca efetividade, sua tática previsível permitiu que Simón defendesse as tentativas de queda e explorasse os momentos para golpear.

Apesar da disposição e valentia, o brasileiro acabou levando a pior em todos os rounds e, golpeado e sangrando, viu os jurados declararem o adversário vencedor por decisão unânime. Com o revés, o brasileiro deve dar adeus à 15ª que ocupa no ranking oficial da organização.

Acompanhe o resultados do UFC 234:

Ricky Simón venceu Rani Yahya por decisão unânime;
Montana De La Rosa finalizou Nadia Kassem no 2º round;
Jim Crute nocauteou Sam Alvey no 1º round;
Devonte Smith nocauteou Dong Hyun Ma no 1º round;
Shane Young venceu Austin Arnett por decisão unânime;
Kai Kara-France venceu Raulian Paiva por decisão dividida;
Kyung Ho Kang Teruto Ishihara finalizou no 1º round;
Jalin Turner nocauteou Callan Potter no 1º round;
Jonathan Martinez venceu Wuliji Buren por decisão unânime.

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *