Presidente do UFC critica árbitro por interrupção de luta entre Askren e Lawler

Herb Dean interrompeu a luta após Robbie Lawler supostamente apagar – Rigel Salazar

Ben Askren virou de maneira espetacular a luta contra Robbie Lawler no UFC 235, em Las Vegas (EUA). No entanto, nem todo mundo parece ter ficado satisfeito com o desfecho do duelo. Isso porque, segundo Dana White, presidente do Ultimate, o árbitro Herb Dean errou ao encerrar o confronto, ainda que ‘Ruthless’ pareça ter desmaiado ao ser estrangulado pelo estreante da noite.

Durante conversa com a imprensa após o UFC 235 – que contou com a presença da Ag. Fight -, Dana White revelou que chegou a se reunir com a Comissão Atlética de Nevada (NCAC) – entidade que supervisiona a arbitragem no estado – para demonstrar a sua insatisfação. Apesar disso, o mandatário ressaltou ter gostado do que viu na antepenúltima luta do evento estrelado por Jon Jones e Anthony Smith.

“Tivemos uma reunião. Eu, o árbitro e a Comissão (Atlética de Nevada), sobre ele ter apagado. Também já fui apagado diversas vezes, e uma das coisas que você não faz (quando está apagado) é pular na hora e dizer: ‘Que m**** você acabou de fazer?’ Isso nunca acontece assim. (…) Foi uma interrupção equivocada, acontece. O que você vai fazer? É uma droga, mas foi uma boa luta”, explicou.

Aos 34 anos, Askren conquistou sua primeira vitória no UFC ao finalizar Lawler. Ex-campeão do Bellator e do ONE Championship, o americano está invicto na carreira profissional nas artes marciais mistas, com 19 vitórias e uma luta sem resultado. Já Lawler, chegou à 13ª derrota no cartel, que também contabiliza 28 triunfos e um ‘no contest’.

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *