Page vence ‘luta de grappling’ no Bellator e vai às semifinais; Erick Silva estreia com derrota

O Bellator não poderia ter um fim de semana mais anticlimático. Os dois eventos realizados pela companhia, na sexta (15) e no sábado (16), em Uncasville (EUA), terminaram de maneira bem diferente do que esperavam os fãs de MMA. Se no Bellator 215 a luta principal terminou em ‘no contest’, com um chute de Matt Mitrione na região genital de Sergei Kharitonov, no show de número 216 a promessa de pancadaria entre Michael Page e Paul Daley se transformou em um duelo tático e com pouquíssimas emoções.

Daley e Page são trocadores natos e o segundo é uma das grandes apostas da organização. No primeiro round, marcado por muito estudo e movimentação, Michael fez pouco, mas o suficiente para levar vantagem. Nos dois assaltos seguintes, Daley resolveu surpreender o adversário com quedas, o que conseguiu fazer sem muitos problemas. Apesar disso, até por não ser muito qualificado no chão, não conseguiu aproveitar as brechas dadas por ‘MVP’ no jogo de solo.

No quarto round, depois de sofrer uma queda e ficar novamente em posição inferior, Page conseguiu uma milagrosa reversão que o permitiu dar os golpes mais contundentes do assalto durante o último minuto dele. O assalto derradeiro voltou a mostrar uma mudança de posição por parte de Michael, que conseguiu novamente virar um round em que levava desvantagem. Com o surpreendente combate de grappling, ‘MVP’ saiu com a vitória por decisão unânime (triplo 48-47).

Com o triunfo, Page vai enfrentar Douglas Lima na semifinal do torneio dos meio-médios (77 kg) do Bellator. O brasileiro, ex-campeão da categoria, venceu Andrey Koreshkov na primeira rodada do GP. Do outro lado da chave, Neiman Gracie também já está na semifinal e aguarda o vencedor de Rory MacDonald vs Jon Fitch, que acontece em abril.

Na luta coprincipal, a lenda Mirko ‘Cro Cop’ derrotou Roy Nelson na revanche de um combate realizado em 2011. Mas, ao contrário do primeiro confronto, que terminou em nocaute do ‘Big Country’, desta vez o croata levou a vitória por decisão unânime. Resultado semelhante teve Cheick Kongo, que dominou o ex-campeão dos pesados Vitaly Minakov e garantiu a oitava vitória consecutiva.

O Bellator 216 também marcou a estreia de Erick Silva. O ‘Tigre’ até começou bem, mas mostrou a costumeira perda de rendimento depois do primeiro round e acabou derrotado por Yaroslav Amosov na decisão dos árbitros laterais.

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *