Nigeriano vence Sheymon Moraes no UFC Filadélfia e desafia Kron Gracie

O peso-pena (66 kg) Sheymon Moraes abriu o card principal do UFC Filadélfia neste sábado (3) ao encarar o nigeriano Sodiq Yusuff, em duelo que deixou a desejar. Em momentos semelhantes na organização e buscando autoafirmação no octógono, os atletas evitaram a luta franca e travaram confronto equilibrado que foi decidido no detalhe.

Visivelmente mais forte, o nigeriano tomou conta das ações no round inicial e pressionou Sheymon contra as grades em diversas oportunidades. E foi este domínio da iniciativa que pesou a seu favor diante de cinco minutos de pouca contundência nos golpes de ambos lutadores.

Ciente de estar atrás nas papeladas dos jurados, o brasileiro voltou melhor na etapa seguinte e, com mais movimentação, contragolpeou efetivamente e fez o oponente caminhar para trás algumas vezes. Dessa forma, o resultado dependeria exclusivamente do último assalto.

E, talvez por isso, os últimos cinco minutos foram monótonos e de pouca efetividade dos competidores. Pelo menos até o minuto final, quando Yusuff encaixou um knockdown que lhe garantiu a vitória por decisão unânime dos jurados e a chance de desafiar Kron Gracie no microfone. Uma bela ideia que chamou mais a atenção do que sua performance no cage.

Confira os resultados do UFC Filadélfia:

Sodiq Yusuff venceu Sheymon Moraes por decisão unânime;
Marina Rodriguez venceu Jessica Aguilar por decisão unânime;
Desmond Green nocauteou Ross Pearson no 1º round;
Kevin Aguilar venceu Enrique Barzola por decisão unânime;
Kevin Holland venceu Gerald Meerschaert por decisão dividida;
Casey Kenney venceu Ray Borg por decisão unânime;
Maryna Moroz venceu Sabina Mazo por decisão unânime;
Alex Perez venceu Mark De La Rosa por decisão unânime.