Ngannou cobra ‘title shot’ e revela que não fala com Dana White há um ano

Francis Ngannou conquistou a mais importante vitória de sua carreira no último sábado (16), ao nocautear Cain Velasquez em apenas 26 segundos no UFC Phoenix. Mas, embora o camaronês tenha vencido com contundência um ex-campeão, o presidente do Ultimate, Dana White, deixou claro que ele não é o próximo na fila para desafiar Daniel Cormier, detentor do cinturão dos pesados.

Mas, em entrevista ao programa ‘Ariel Helwani’s MMA Show’, Ngannou afirmou que considera o triunfo suficiente para garantir uma disputa de título, sobretudo diante da incerteza em torno de Cormier. ‘DC’ havia planejado sua aposentadoria para março, quando completa 40 anos, mas está lesionado e já anunciou a prorrogação deste prazo.

“Não se qual é a posição do título peso-pesado, porque (Cormier) está falando de aposentadoria. Então, não há notícias novas sobre o título agora. Eu só quero lutar pelo título. Não sei se pelo interino ou desafiando ‘DC’, mas o que eu quero é lutar pelo cinturão”, comentou Francis.

Ngannou não é o único a pleitear uma chance de batalhar pelo título. Stipe Miocic, ex-campeão da categoria e último algoz do camaronês, também tem cobrado de Cormier uma oportunidade. ‘DC’, entretanto, tem sido ligado a uma luta contra Brock Lesnar no retorno do gigante da WWE ao UFC, ainda a ser confirmado.

Francis revelou ao programa que não conversa com Dana White “há um ano, talvez mais”. Até por declarar que não acredita que falar com o dirigente mudaria algo em sua situação, ele demonstrou uma certa resignação quanto à chance de ter seu pedido atendido.

“Não sei. Mais uma vez, isso cabe aos executivos. Não temos influência sobre isso. Eles decidem tudo, mas acho que eu mereço isso”, falou. Sobre enfrentar Miocic, de quem perdeu na sua primeira tentativa de buscar o título, ele reforçou sua vontade. “Claro (que toparia), mas se eu tivesse a opção, eu gostaria de lutar pelo cinturão”, encerrou.