Mulher consegue medida protetiva contra ex-desafiante ao título do UFC

Anthony Johnson é ex-desafiante ao título dos meio-pesados do UFC – Reprodução/Instagram

Anthony Johnson está aposentado do UFC desde 2017, mas recentemente o  americano voltou aos holofotes. Isso porque, de acordo com o site ‘MMA Junkie’, uma mulher – cujo nome está sendo preservado – o acusa de fazer perseguição virtual, ameaças e postagens com imagens íntimas dela. Receosa pela sua integridade física, ela conseguiu uma ordem de restrição contra o lutador em agosto de 2018, que foi prorrogada em fevereiro último por mais um ano, de acordo com a advogada Robyn Barrett.

Em entrevista ao ‘MMA Junkie’, Barrett, que defende judicialmente a mulher, atribuiu a necessidade da ordem de restrição ao fato de haver “um perigo presente imediato de violência no namoro”. No entanto, o advogado de Johnson, Scott B. Saul, relata que o lutador teria sido mal compreendido por uma mensagem que postou nas redes sociais.

“Ele disse que iria pegar a arma, e sua interpretação foi (que a mensagem seria) voltada para ela. Sua posição era de que alguém nas mídias sociais estava perseguindo ele, e ele estava dizendo isso em referência à pessoa que o incomodava e não a ela. Essa é a posição dele, e também acredito que ele possa ter postado uma foto dela fazendo algo íntimo com ele. Mas tudo tinha a ver com as postagens nas mídias sociais”, relatou o advogado do lutador.

Com a prorrogação da ordem de restrição, Johnson é obrigado a ficar longe da mulher até 6 de fevereiro de 2020. De acordo com a advogada Robyn Barret, em comunicado, quando a data estiver próxima, a sua cliente “avaliará se ainda tem medo do réu e se a extensão da liminar é razoável na época”.

Aos 35 anos, Anthony Johnson se aposentou do UFC em abril de 2017, após perder a disputa pelo cinturão dos meio-pesados (93 kg) pela segunda vez para Daniel Cormier. Ao longo da carreira profissional como lutador de MMA, ‘Rumble’ somou 22 triunfos e seis derrotas.

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *