Mickey Gall revela que lutou no UFC 235 com grave problema nos rins

Mickey Gall competiu pelo UFC em seis das sete lutas que já fez – Reprodução / Instagram

Após a derrota no UFC 235, Mickey Gall já havia relatado nas redes sociais que desmaiou durante o processo de corte de peso para o duelo contra Diego Sanchez, realizado no dia 2 de março, em Las Vegas (EUA). E, nessa segunda-feira (11), o lutador revelou que entrou no octógono com um grave problema nos rins, o que teria prejudicado o seu rendimento no confronto.

Em entrevista ao programa ‘MMA Hour’, Gall contou ter sentido que havia algo estranho com o seu corpo, mas, naquele momento, não sabia dizer exatamente o que era. Deste modo, resolveu cumprir com o seu compromisso no octógono normalmente. Porém, o problema nos rins – descorberto apenas mais tarde – teria afetado o condicionamento físico do lutador. E, sem conseguir render o esperado, ele acabou nocauteado no segundo round.

“Meus rins estavam falhando. Antes da luta, eu realmente não sabia. Eu acho que podia sentir. Olhando para trás, poderia dizer (que senti) alguns sinais de alerta, como se algo estivesse acontecendo. Mas eu não fui para a luta pensando: ‘Danem-se, são apenas rins’. Eu realmente não sabia. (…) Mas quando eu entrei no octógono, eu estava exausto. Eu assisti novamente a luta, parecia que eu estava em câmera lenta. Lembro de tentar me equilibrar, apenas tentando ficar de pé. Foi uma loucura”, relatou.

Aos 27 anos, Mickey contabiliza apenas sete lutas profissionais como atleta de MMA. Destas, seis foram no Ultimate, organização na qual contabilizou as únicas duas derrotas da carreira. Além de tais reveses, Gall também soma, até o momento, cinco triunfos em seu cartel nas artes marciais mistas.

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *