Max Holloway passa mal, é hospitalizado e disputa de cinturão do UFC é cancelada

Max Holloway compareceu ao treino aberto do UFC 226, em Las Vegas – Diego Ribas

Uma notícia de última hora caiu como um banho de água fria entre os fãs de MMA. A disputa de cinturão dos pesos-penas (66 kg) envolvendo Max Holloway e Brian Ortega foi cancelada na madrugada desta quinta-feira (5) após o campeão passar mal e ser hospitalizado.

A informação foi divulgada em primeira mão pelo site da ESPN americana e confirmada pelo próprio time de Holloway, que divulgou um comunicado à imprensa americana afirmando que o estado de saúde do atleta se tornou preocupação desde a última semana.

Apesar disso, o jovem de 26 anos permaneceu em sua rotina de treinamento mesmo após ser hospitalizado, e posteriormente liberado pelos médicos. Horas antes de desmaiar e ser oficialmente retirado do show agendado para este sábado na cidade de Las Vegas (EUA), Holloway compareceu ao treino aberto e conversou com os jornalistas presentes.

Apesar do ocorrido, o show segue como programado com o main event envolvendo Stipe Miocic e Daniel Cormier, válido pelo cinturão dos pesos-pesados.

Confira o comunicado publicado pelo site ‘MMA Fighting’:

“O time do Max e o staff do UFC perceberam que ele não estava normal desde a última semana. Isso se tornou óbvio para muitos que assistiram suas entrevistas e viram suas aparições públicas nos últimos dias. Ele estava mostrando sintomas de concussão antes mesmo de começar a cortar peso e foi levado às pressas para o pronto socorro na segunda-feira, quando deu entrada e passou a noite. Exames iniciais mostraram que ele estava ok, e ele foi liberado na terça-feira de tarde, mas os sintomas continuaram. Max lutou com seu time para continuar na luta. ele aparentou algum progresso no último dia, mas ainda tinha sintomas óbvios. Depois do treino aberto, ele desmaiou e demorou para acordar. Quando acordou, tinha visão ruim e a fala atrapalhada”

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.