Marca histórica! Poirier e Holloway trocam mais de 350 golpes no UFC 236

Max Holloway é o atual campeão dos pesos-penas (66 kg) do Ultimate – Reprodução/Youtube

Como era esperado, o duelo principal do UFC 236, entre Max Holloway e Dustin Poirier, entrou para a história da maior organização de MMA do planeta. Isso porque, além de consagrar ‘The Diamond’ como o campeão interino dos pesos-leves (70 kg), o confronto desse sábado (13), em Atlanta (EUA), passou a figurar em segundo lugar no ranking de lutas com o maior número de golpes desferidos no octógono.

De acordo com um dos perfis oficiais do UFC no Twitter (veja abaixo ou clique aqui), foram conectados 359 ataques significativos durante os cinco rounds disputados na luta principal da noite. O número é inferior apenas ao penúltimo confronto de Holloway – contra Brian Ortega, em dezembro de 2018 -, quando 400 golpes foram trocados entre os lutadores.

“Dustin Poirier (178) e Max Holloway (181) combinaram 359 golpes significativos, o segundo maior registro na história do UFC, atrás apenas dos 400 (golpes) de Holloway vs. Ortega, no UFC 231”, relatou a página.

Atual campeão dos pesos-penas (66 kg), Holloway se aventurou na categoria de cima em busca do segundo cinturão no UFC, mas, entre os leves, não conseguiu obter a mesma efetividade que tinha em sua divisão de origem. Aos 27 anos, o havaiano soma 20 triunfos e quatro reveses em seu retrospecto como lutador profissional de MMA.

Já Poirier, três anos mais velho, deve enfrentar o campeão dos leves, Khabib Nurmagomedov, em seu próximo desafio. De acordo com Dana White, presidente do UFC, a luta pela unificação do cinturão está programada para ocorrer em setembro. Com o triunfo sobre Holloway, Poirier alcançou a marca de 25 vitórias, em cartel profissional que também conta com cinco derrotas e um embate sem resultado.