Lutadora do UFC relata ter sofrido estupro em biografia

Paige VanZant não luta no UFC desde sua derrota em janeiro de 2018 – Florian Sädler

Uma das atletas mais famosas entre o plantel feminino do UFC, Paige VanZant fez fama ao chegar Ultimate com apenas 19 anos de idade e rapidamente engatar uma sequência de três vitórias. Pouco tempo depois, a lutadora já fazia participações em programas de televisão de grande sucesso nos EUA, como o ‘Dancing With The Stars’. Agora, quatro anos depois, a atleta lança sua autobiografia em que revive lembranças nada agradáveis. Em certa passagem do livro, ’12 Gauge’ detalhou um episódio de estupro sofrido quando ainda estava no colégio.

Intitulado ‘Rise: Surviving The Fight of My Life’ (Ascenda: Sobrevivendo à luta da minha vida), o livro será lançado nesta terça-feira (10) nos EUA. Nele, a atleta de 24 anos narra a noite em que diz ter sido embebedada e abusada sexualmente por um grupo de adolescentes em uma festa há mais de uma década.

“Eles vão me passando. Eles me mudam de posição. Eu falho toda vez que tento resistir. Meus braços são como cimento fresco no meu corpo. Meu cérebro é uma neblina espessa. Estou acordada e consciente, mas meu corpo parece morto. Eu sei o que está acontecendo, mas não posso fazer nada para impedir. Eu não tenho voz ou escolha. Só posso me render e rezar para que acabe logo”, conta o trecho da biografia, reproduzido pelo site ‘MMA Fighting’.

Após o episódio, Paige narra em entrevista que foi vítima de bullying por muitos alunos de sua escola. O abuso verbal e psicológico teria sido tão traumático que VanZant – nascida com o sobrenome Sletten – se viu obrigada a trocar de nome por causa de trocadilhos com a gíria ‘slut’ (‘vagabunda’ em inglês). Para a atleta, a publicação do livro também é um meio de combater este tipo de violência.

“Uma grande razão para eu publicar o livro é porque eu quero ser uma porta-voz da luta contra o bullying. Esse é o principal movimento que eu quero começar a partir disso. A coisa mais difícil para mim foram os bullies. Eles me deixaram tão para baixo que ninguém poderia me ajudar”, relatou.

Após ter reunido coragem de publicar uma parte tão delicada do seu passado, a lutadora declara que existe um motivo para tudo acontecer e espera poder ajudar outras vítimas de violência sexual ou psicológica com sua própria história.

“Quase faz eu me sentir como se tudo tivesse valido a pena. Como se eu tivesse passado por tudo aquilo por uma razão. Quando livro sair, se ele mudar a vida de alguma pessoa, então o que tive de atravessar não será em vão. Não será algo terrível, não será uma tragédia. Foi algo lindo e vai ser bom para ajudar as pessoas”, disse a americana.

Paige VanZant subiu para o peso-mosca (57 kg) em janeiro de 2018. Em sua estreia, 12 Gauge foi superada por Jessica-Rose Clark por decisão unânime dos jurados. A última vitória da americana aconteceu em agosto de 2016, quando nocauteou Bec Rawlings.

Confira abaixo a capa do livro nas redes sociais de Paige VanZant:

Ex-campeã peso-galo (61 kg) do Strikeforce e do UFC e considerada por muitos como uma das maiores lutadoras de todos os tempos, Ronda Rousey fez sua estreia na WWE (maior campeonato de pro-wrestling do mundo) no último domingo (8). Assim como 'Rowdy', alguns outros astros no mundo das artes marciais também já passaram pela famosa liga americana. Relembre alguns nomes - Reprodução/YouTube
Considerado por muitos como um dos maiores lutadores de boxe de todos os tempos, Floyd Maweather Jr. teve rápida passagem pela WWE. Na 24ª edição da Wrestlemania, 'Money' encarou 'Big Show' e venceu o gigante - Diego Ribas
Assim como Mayweather, Mike Tyson também teve uma rápida passagem pela maior liga de pro-wrestling do mundo. Em janeiro de 2010, em uma edição do show, o pugilista foi convidado para apresentar e ter uma participação especial no evento - Reprodução/YouTube
Diversas vezes campeão na WWE, Brock Lesnar assinou com o UFC em 2007 e chegou a conquistar o cinturão dos pesos-pesados no ano seguinte. Em 2011, após sofrer duas derrotas consecutivas, o americano voltou para o pro-wrestling. Anos mais tarde, em 2016, o gigante ainda voltou ao Ultimate para encarar Mark Hunt. Após o duelo, o atleta foi pego no exame antidoping - Diego Ribas
Além de ser um dos grandes nomes da história do UFC, Ken Shamrock também deixou seu legado na WWE. Durante a década de 90, o veterano conquistou alguns títulos na liga de pro wrestling - Reprodução/Sherdog
Após entrar para a WWE em 2003, Bobby Lashley decidiu romper seu contrato com a companhia em 2008 e começar a praticar artes marciais. Em 2014, o americano retornou ao pro-wrestling ao mesmo tempo em que assinou contrato com o Bellator - Reprodução/Instagram
Antes de assinar com a WWE em 2009, Alberto del Rio teve uma grande carreira na luta greco-romana. Membro da seleção mexicana, o atleta também chegou a competir MMA entre o período de 2001 a 2010 - Reprodução/Instagram

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.