Lutador com amputação no braço enfrenta ex-Bellator em maio

Nick Newell já esteve a uma vitória de entrar no UFC, mas, após sucumbir diante de Alex Muñoz, em julho último, na versão americana do programa ‘Contender Series’, ele teve de ir em busca de novos horizontes. O lutador, que chama a atenção pela amputação congênita que possui no braço esquerdo, agora está escalado para enfrentar Kalvin Hackney no evento de MMA CES 56, programado para ocorrer no dia 31 de maio, em Connecticut (EUA).

A informação – divulgada pelo site ‘MMA Junkie’ – foi confirmada pelo perfil oficial da ‘CES’ no Twitter (veja abaixo ou clique aqui). Aos 33 anos, Newell soma um cartel de 14 triunfos e apenas duas derrotas como lutador de MMA. O peso-leve (70 kg) americano começou a competir profissionalmente em 2009 e chamou a atenção pelo grande número de vitórias alcançadas no primeiro round, mesmo com a dificuldade de não ter a metade de um dos braços.

Já Hackney, próximo adversário de Nick, é ex-integrante do Bellator, uma das maiores ligas de MMA do planeta. Nos anos de 2011 e 2012, o também americano competiu em duas oportunidades na organização – contra Rene Nazare e E.J. Brooks -, mas perdeu ambas as lutas.

Com um cartel profissional parecido com o de Newell, Hackney possui um retrospecto, até então, de 14 vitórias e quatro derrotas como atleta profissional de artes marciais mistas. Ele competiu pela última vez em dezembro de 2018, quando sucumbiu diante de Cody Walker no ‘LFC’.

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *