Lutador brasileiro do Bellator raspa a cabeça em homenagem a amigo com câncer

John ‘Macapá’ teve uma breve passagem pelo UFC em 2012 e atualmente compete no Bellator, mas, de acordo com o atleta, “as lutas mais difíceis são aquelas que fazemos pela vida”. Deste modo, ele resolveu raspar a cabeça para homenagear o amigo Paulo Athayde, que perdeu o cabelo devido ao tratamento de um câncer.

Através de seu perfil nas redes sociais (veja abaixo ou clique aqui), John destacou a força de vontade do amigo e contou que raspou o cabelo em solidariedade a Paulo e a todos os que lutam contra essa doença. ‘Macapá’ ainda destacou que o ato foi uma maneira de demonstrar que estará ao lado de Athayde em qualquer situação.

“As lutas mais difíceis são aquelas que fazemos pela vida. E encarar a luta diária contra o câncer com positividade e fé foi uma das maiores coisas que me admiraram até hoje. Paulo Athayde, meu nobre amigo, raspei minha cabeça em solidariedade a você e a todos aqueles que lutam contra o câncer. Como uma forma de demonstrar que estamos juntos, lutando pela vida, sejam quais forem os obstáculos. Guerreiros sempre!”, escreveu o atleta.

‘Macapá’ fez apenas uma apresentação no UFC, em que saiu derrotado por Hugo Viana, em 2012. Depois disso, ele passou por eventos como o Shooto e o IMVT, antes de estrear no Bellator em 2014. Na organização presidida por Scott Coker, John acumulou quatro triunfos, mas o retrospecto recente não foi positivo, já que saiu derrotado nas últimas três vezes em que atuou.

Ao longo da carreira profissional como lutador de MMA, ‘Macapá’ somou 21 vitórias, quatro derrotas e dois empates. No seu duelo mais recente, em setembro – o único que realizou em 2018 -, o peso-pena (66 kg) brasileiro foi nocauteado por A.J. McKee ainda no primeiro round, com pouco mais de um minuto de luta.

Um vídeo publicado por ufc (@ufc) em

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.