Khabib projeta retorno para setembro, mas impõe condições ao UFC

Khabib Nurmagomedov estará apto para retornar ao UFC a partir de julho – Diego Ribas

Sem lutar desde outubro de 2018, quando se envolveu em uma confusão no UFC 229 e foi suspenso por nove meses, Khabib Nurmagomedov pode estar próximo de retornar à ativa. E quem diz isso é o próprio russo. Após participar de evento em uma universidade de seu país, o campeão peso-leve (70 kg) revelou quando deve voltar a pisar no octógono mais famoso do planeta.

A previsão é de que Khabib volte a atuar em setembro deste ano, no evento programado para Abu Dhabi, capital do Emirados Árabes. No entanto, para aceitar o acordo, o russo exigiu que seu parceiro Zubaira Tukgugov e seu primo Abubakar Nurmagomedov, também envolvidos na briga em Las Vegas (EUA), estejam aptos para lutar.

“Sim, estamos trabalhando nisso. O UFC me disse que estão planejando isso. Acabei de voltar de Dubai e logo menos novidades virão, em breve. [Zubaira Tukgugov e Abubakar] tem que lutar no mesmo card que eu ou antes de mim, esse é a condição principal do meu retorno”, revelou Khabib, de acordo com o site ‘RT Sport’ americano.

Além disso, ‘The Eagle’, como é conhecido, projetou seu próximo adversário na companhia. O russo descartou possíveis confrontos que atrairiam mais audiência devido à atual condição dos rivais. Logo, na visão do próprio campeão, o mais lógico a se fazer seria enfrentar o vencedor da disputa do cinturão interino da categoria entre Max Holloway e Dustin Poirier.

“[Holloway e Poirier] lutarão pelo cinturão interino, e o campeão tem que enfrentar o campeão interino. Tony Ferguson não pode lutar no momento, St-Pierre está aposentado, McGregor está aposentado, uma luta de boxe com o Mayweather não vai acontecer, já que não chegamos a um acordo com o UFC. Holloway e Poirier são ótimos lutadores, lutarei contra o vencedor desse confronto”, concluiu o campeão invicto no MMA com 27 vitórias no cartel.