Khabib critica Ferguson por recusar chance pelo título interino: “Culpa toda sua”

Apesar das críticas, o russo reconheceu o talento de Tony como lutador – Diego Ribas

Com a suspensão de Khabib Nurmagomedov, Tony Ferguson era o atleta mais cotado para assumir a categoria dos pesos-leves (70 kg), mas isso não aconteceu na prática. Após a oferta de Max Holloway como adversário pelo cinturão interino da divisão, ‘El Cucuy’, como é conhecido, teria recusado o duelo. E a decisão parece ter custado caro, já que o Ultimate escalou Dustin Poirier em seu lugar para encarar o campeão peso-pena (66 kg).

Obviamente, o atual número 1 do ranking dos leves não ficou nada contente com a decisão do UFC. E como se não bastasse, Ferguson ainda foi alfinetado pelo atual campeão linear da categoria: Khabib Nurmagomedov. Por intermédio de suas redes sociais (veja abaixo ou clique aqui), o russo relembrou seu histórico na organização e apontou Tony como o principal culpado pelo próprio fracasso.

“Gostaria de lembrar a vocês que, antes de me tornar campeão, estive próximo da luta pelo título três vezes e em todas elas perdi minha oportunidade. A primeira foi em julho de 2016, quando ofereceram para eu lutar no mês do Ramadã e eu recusei. A segunda foi no UFC 205 em Nova York, quando me deram a luta pelo título, contrato assinado, mas minha chance foi passada adiante, vocês sabem a história. A terceira vez foi no UFC 209, quando fui hospitalizado e quase morri. Depois de cada fracasso foi dito para mim: ‘Você perdeu sua chance, conquiste de novo com mais uma vitória’”, escreveu Nurmagomedov, antes de focar suas críticas para Ferguson.

“Tony, você teve a sua chance e você recusou, e a culpa é toda sua. Você sabe que estou suspenso e não posso lutar. Mas não é justo me destituir, lutei três vezes em nove meses. Conquistei e defendi meu cinturão. Como lutador, você merece uma luta pelo título, você é um grande atleta e oponente, mas agora você tem que lutar ou esperar minha suspensão terminar para lutarmos (mas o UFC não quer isso). Não entendo suas ofensas: se você cai, você levanta, não fique reclamando”, completou o campeão russo.

Detentor do título dos penas, Holloway subirá de categoria para enfrentar Poirier no dia 13 de abril, no card de número 236. O duelo valerá o cinturão interino dos leves, já que o campeão linear, Khabib, só poderá lutar novamente em julho.

View this post on Instagram

I want to remind you guys, that before I become champion, I was close to the title fight 3 times and all 3 times I missed my opportunity. First was in July 2016 when I was offered to fight in Ramadan month and I turned it down, second was UFC 205 NYC when I was offered a title fight, bout agreement signed, but my title was given away, you know the story. Third time was UFC 209 where I was hospitalized and almost died. But after every single fail I were said: you missed your chance, earn your shot with one more victory. Tony you had your chance and you missed it, and that’s your fault only. You know that I’m disqualified and can’t fight, but it’s not fair to strip me off the title, I fought 3 times in 9 months. I won and defended my belt. As a fighter you deserve a title fight, you are great fighter and opponent, but now you have to fight or wait for my DQ to be over and fight(but UFC doesn’t want it). I don’t understand your offenses, if you fell down, you got to get up, not complain. #ufc #mma #ufclightweight

A post shared by Khabib Nurmagomedov (@khabib_nurmagomedov) on

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *