Khabib critica Ferguson por recusar chance pelo título interino: “Culpa toda sua”

Apesar das críticas, o russo reconheceu o talento de Tony como lutador – Diego Ribas

Com a suspensão de Khabib Nurmagomedov, Tony Ferguson era o atleta mais cotado para assumir a categoria dos pesos-leves (70 kg), mas isso não aconteceu na prática. Após a oferta de Max Holloway como adversário pelo cinturão interino da divisão, ‘El Cucuy’, como é conhecido, teria recusado o duelo. E a decisão parece ter custado caro, já que o Ultimate escalou Dustin Poirier em seu lugar para encarar o campeão peso-pena (66 kg).

Obviamente, o atual número 1 do ranking dos leves não ficou nada contente com a decisão do UFC. E como se não bastasse, Ferguson ainda foi alfinetado pelo atual campeão linear da categoria: Khabib Nurmagomedov. Por intermédio de suas redes sociais (veja abaixo ou clique aqui), o russo relembrou seu histórico na organização e apontou Tony como o principal culpado pelo próprio fracasso.

“Gostaria de lembrar a vocês que, antes de me tornar campeão, estive próximo da luta pelo título três vezes e em todas elas perdi minha oportunidade. A primeira foi em julho de 2016, quando ofereceram para eu lutar no mês do Ramadã e eu recusei. A segunda foi no UFC 205 em Nova York, quando me deram a luta pelo título, contrato assinado, mas minha chance foi passada adiante, vocês sabem a história. A terceira vez foi no UFC 209, quando fui hospitalizado e quase morri. Depois de cada fracasso foi dito para mim: ‘Você perdeu sua chance, conquiste de novo com mais uma vitória’”, escreveu Nurmagomedov, antes de focar suas críticas para Ferguson.

“Tony, você teve a sua chance e você recusou, e a culpa é toda sua. Você sabe que estou suspenso e não posso lutar. Mas não é justo me destituir, lutei três vezes em nove meses. Conquistei e defendi meu cinturão. Como lutador, você merece uma luta pelo título, você é um grande atleta e oponente, mas agora você tem que lutar ou esperar minha suspensão terminar para lutarmos (mas o UFC não quer isso). Não entendo suas ofensas: se você cai, você levanta, não fique reclamando”, completou o campeão russo.

Detentor do título dos penas, Holloway subirá de categoria para enfrentar Poirier no dia 13 de abril, no card de número 236. O duelo valerá o cinturão interino dos leves, já que o campeão linear, Khabib, só poderá lutar novamente em julho.

Um vídeo publicado por ufc (@ufc) em