Khabib contesta vitória de Poirier e projeta unificação do título do UFC para setembro

Khabib Nurmagomedov é o atual campeão linear dos pesos-leves (70 kg) do UFC – Diego Ribas

Dustin Poirier conquistou o título interino dos pesos-leves (70 kg) do UFC nesse sábado (13), ao bater Max Holloway em Atlanta (EUA). Com o feito, o atleta da ‘American Top Team’ se credenciou a unificar o cinturão da categoria em duelo contra Khabib Nurmagomedov. E, por meio das redes sociais, o campeão russo parabenizou o seu próximo desafiante pelo triunfo, apesar de questionar o resultado da luta.

Através de publicação no Twitter (veja abaixo ou clique aqui), Khabib discordou da decisão dos juízes, que deram quatro rounds para Poirier e apenas um para Holloway. Apesar disso, o russo exaltou a conquista de ‘The Diamond’, e projetou o encontro entre eles para setembro deste ano.

“Não concordo com os juízes no (placar de) 49 a 46. Eu marquei um empate. Todo o meu respeito por ambos os lutadores. E não há como negar o grande feito de Poirier. Meus parabéns, Dustin. O vejo em setembro”, escreveu. Ao final do texto, Khabib ainda colocou emojis de uma águia e um diamante, em referência ao seu apelido e ao de seu próximo desafiante.

Aos 30 anos, Nurmagomedov foi segue suspenso temporariamente do Ultimate por ter dado início à briga generalizada no UFC 229, em outubro de 2018. Na ocasião, após finalizar Conor McGregor ele pulou a grade do octógono e partiu para cima de um companheiro de equipe do irlandês, o que desencadeou a confusão na ‘T-Mobile Arena’, em Las Vegas (EUA).

Por conta disso, Khabib foi afastado dos octógonos por nove meses e multado em 500 mil dólares (cerca de R$ 1,9 milhão). Deste modo, ele estará apto a atuar pelo UFC apenas a partir de julho. Com 26 vitórias no cartel profissional, o campeão dos leves está invicto na carreira como atleta de artes marciais mistas.