Jon Jones promete consciência tranquila após novo doping positivo

Jon Jones encara Anthony Smith neste sábado, em Las Vegas – Diego Ribas

Jon Jones é, de fato, um caso a ser estudado. Conforme relatou a Comissão Atlética de Nevada na última quinta-feira (28), o atleta voltou a ser flagrado em dois exames antidoping, o que não o fará ser punido uma vez que sua situação junto à entidade é tão única que o impede de ser penalizado novamente pelo mesmo erro: a ingestão da substância turinabol, realizada em 2017. E ao que parece, até mesmo o campeão dos meio-pesados (93 kg) parece disposto a se acostumar e ter seu nome atrelado com tamanha polêmica.

Durante conversa com jornalistas durante o treino aberto realizado no Hotel Cassino MGM, ‘Bones’ garantiu que está confortável em saber que pessoas ao redor do mundo irão relacionar o seu sucesso no octógono com as substâncias encontradas nos exames. Para isso, ele precisou de livrar de qualquer sentimento de culpa ou vergonha pelo ocorrido.

“Eu gostaria apenas que os fãs não lessem apenas os títulos e clicassem nos links e aprendessem sobre o que realmente aconteceu. Mas cheguei à uma posição livre completamente de qualquer vergonha. Não tenho vergonha. Eu disse muitas vezes que nunca fiz nada para ter qualquer tipo de vantagem esportiva”, afirmou, em tom sério e compenetrado.

Como foi punido pelo flagra no exame antidoping em 2017, e de acordo com a USADA (Agência Antidoping Americana) é inocente quando acusado de ter feito qualquer outra ingestão de substância proibida, Jones pode lutar, embora seja monitorado intensamente não apenas pela USADA, mas também pela WADA e VADA.

“Estou confortável com a ideia de que será algo que fará parte da minha carreira, e eu não sei por quanto tempo isso irá restar (no meu organismo)”, declarou, fazendo coro a Jeff Novitzky, vice presidente da saúde e performance do atleta que momentos antes havia falado com os jornalistas presentes em Las Vegas para defender a inocência do veterano.

“O que me faz dormir bem de noite é saber que me submeti a todos os testes antidoping. Estou sendo testado por três  das maiores agências do mundo. Nunca evitei um exame, e agora eu sinto como … Quanto mais database (conhecimento) eles tiverem acessíveis, mas eles terão em isso ti4”, finalizou.

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *