Jéssica ‘Bate-Estaca’ surpreende e defende cinturão do UFC na China

Jéssica ‘Bate-Estaca’ é a atual campeã dos pesos-palhas (52 kg) do UFC – Fábio Oberlaender

Jéssica ‘Bate-Estaca’ já sabe onde e quando fará a sua primeira defesa do cinturão dos pesos-palhas (52 kg) do UFC. Após destronar Rose Namajunas em maio, no Rio de Janeiro, a brasileira volta ao octógono no dia 31 de agosto, contra Weili Zhang, em evento programado para a cidade de Shenzhen, na China.

A informação foi divulgada em primeira mão pelo site da ‘ESPN’ americana e confirmada pela reportagem da Ag. Fight com fontes próximas à organização. No entanto, apesar de a luta já está apalavrada, os contratos ainda não foram assinados pelas atletas e os últimos acertos são esperados para os próximos dias.

Com a vitória sobre Namajunas no UFC Rio, Jéssica alcançou a marca de 20 resultados positivos nas 26 lutas que possui em seu cartel profissional como lutadora de MMA. Com quatro triunfos consecutivos, ela não sabe o que é uma derrota desde maio de 2017, quando foi superada por Joanna Jedrzejczyk na primeira vez em que disputou o cinturão.

Já Zhang, atual sexta colocada no ranking dos palhas, venceu as três lutas que realizou desde a estreia no UFC, em agosto de 2018. Em seu confronto mais recente, no mês de março, a chinesa bateu Tecia Torres por decisão unânime. Ao longo da carreira profissional no MMA, ela soma 19 triunfos e apenas uma derrota.

O nome da chinesa foi uma surpresa para parte dos fãs e da imprensa especializada em MMA, já que Tatiana Suarez, que aparece em segundo lugar no ranking, era a mais cotado. A americana, entretanto, ainda se recupera de uma lesão no pescoço. Deste modo, o Ultimate optou por escalar Zhang para lutar pelo título em sua terra natal.

Vale lembrar que disputas de cinturão, por questões contratuais, geralmente lideram cards numerados, nos quais as lutas principais são transmitidas apenas via pay-per-view nos EUA. Apesar disso, o evento agendado para a China, até o momento, está cotado no site do UFC como uma edição ‘Fight Night’, com transmissão prevista para os canais e plataformas da ESPN americana.