Inconformado! Mark Hunt detona forma com que o UFC conduz casos de doping

Mark Hunt ainda não assinou contrato com outra liga de MMA – Diego Ribas

Em dezembro de 2018 Mark Hunt realizou seu último combate como atleta do UFC, e após oito anos de serviços prestados deixou oficialmente a organização. No entanto, os momentos vividos no Ultimate parecem não ter deixado saudades no peso-pesado, muito pelo contrário. Isso porque ‘The Super Samoan’, como é conhecido, voltou a fazer duras críticas a maior liga de MMA do planeta.

Em entrevista ao site ‘MMA UK’ nesse domingo (6), o neozelandês detonou a maneira com que o Ultimate lida com os casos de doping. Conhecido por combater publicamente o uso de substâncias proibidas no esporte, Hunt ainda alfinetou Jeff Novitizky, vice-presidente de saúde e performance do UFC.

“Eles (UFC) tiraram meu amor pela luta por causa da forma com que eles promovem esteroides e trapaceiros. Eles me tiraram de cena para ser honesto, e isso tirou meu amor por lutar. É triste porque eles deveriam promover os caras que estão limpos e, na verdade, eles promovem os trapaceiros do esporte, o que é errado. Pensava que Jeff Novitzky era uma pessoa bacana, mas ele é um vendido. Você é um vendido, irmão. Essa é a verdade”, disparou Mark.

E o caso de doping mais recente na empresa não foi esquecido pelo peso-pesado. Hunt usou o exemplo de Jon Jones para provar seu ponto de que o Ultimate privilegia atletas que fazem uso de substâncias ilícitas. A empresa chegou a transferir o último evento de 2018 de sede para que ‘Bones’ pudesse retornar aos octógonos.

“Por exemplo, olhe a situação envolvendo Jon Jones e (Alexander) Gustafsson. Analise isso. Eles (UFC) moveram a p*** de um show todo por causa de um cara trapaceiro. Vários fãs perderam voos e ingressos, uma confusão. Perderam tudo por causa de um idiota (Jones)”, reclamou o neozelandês.

Aos 44 anos, Mark está livre para atuar em qualquer liga de MMA do mundo, pois seu vínculo com o UFC terminou em 2018. Ao longo de sua trajetória como profissional, ‘The Super Samoan’ somou 13 vitórias e 14 derrotas – três delas em suas últimas três aparições no Ultimate.

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.