Gustafsson intima campeão Daniel Cormier: “Luta comigo ou desiste do cinturão”

Alexander Gustafsson desafia o campeão Cormier para uma revanche – Florian Sädler

Após fazer história no UFC 226, evento realizado no último sábado (7), em Las Vegas (EUA), Daniel Cormier possui um leque de possibilidades de confrontos pela frente: revanche contra Stipe Miocic, superluta contra Brock Lesnar e duelo contra Maurício ‘Shogun’ são algumas das mais plausíveis. Entretanto, o ex-desafiante ao título dos pesos meio-pesados (93 kg) Alexander Gustafsson quer uma oportunidade contra ‘DC’. Em participação no programa ‘The MMA Hour’, o sueco criticou o supercampeão, ao afirmar que ele tem que decidir qual cinturão vai defender.

Gustafsson também questionou a postura de ‘DC’ na coletiva de imprensa após sua luta, quando o americano declarou que Alexander precisa fazer “algo especial” para conquistar o direito de lutar contra ele. De acordo com ‘The Mauler’ isso não é algo que cabe a Cormier decidir ou não, e que por ele ser o número 1 do ranking do UFC e já ter lutado contra os melhores da categoria, merece sim uma disputa de cinturão nos meio-pesados.

“Tudo depende dele. Ele não pode se sentar em seu trono e decidir com quem ele luta ou com quem ele não vai lutar, se ele fizer isso, ele deve simplesmente desistir porque eu quero aquele cinturão, é tudo em que estou focado depois da luta com Volkan. Ele pode lutar comigo ou desistir do cinturão, é a única coisa que vou dizer”, alfinetou.

Vale lembrar que Alexander possui confronto marcado contra Volkan Oezdemir para o dia 7 de agosto, no UFC 227, em Los Angeles (EUA). O duelo, que deixará frente a frente os dois melhores ranqueados da categoria, merece valer o título interino da divisão, segundo Gustafsson.

“Eles [UFC] devem fazer essa luta por um título provisório. Assim que o DC se decidir… se ele quiser descer [de categoria], podemos lutar pelo título real. Eles deveriam fazer essa luta pelo título provisório, eu e Volkan – o cara número 1 e o cara número 2 do ranking”, opinou.

Ao obter o título de duas categorias – pesados e meio-pesados – ao mesmo tempo, Cormier ainda não sabe ao certo quando e em qual divisão será válida sua próxima luta. De acordo com Gustafsson, DC tem que definir seu objetivo o quanto antes, para não atrapalhar o planejamento dos demais atletas que visam os cinturões.

“Ele está lá em cima agora; ele tem o cinturão dos pesos pesados ​​e ele tem o cinturão dos meio-pesados. Ele está mantendo o cinturão meio-pesado para si mesmo, ele não quer deixar passar. Eu não sei o que está acontecendo; ele tem que decidir se quer voltar [aos meio-pesados]. Eu vou bater o Volkan e estou pronto para ele. Talvez ele devesse deixar o cinturão e nos dar, para termos algo pelo que lutar”, declarou.

Daniel e Alexander já se enfrentaram uma vez em 2015, pelo UFC 192, com vitória de Cormier por decisão dividida dos juízes. O sueco vem embalado por duas vitórias seguidas e planeja disputar o cinturão caso vença Volkan em seu próximo compromisso. ‘DC’ por sua vez, se juntou a Conor McGregor ao se tornar o segundo atleta da história do evento a conquistar dois títulos de divisões de peso diferentes ao mesmo tempo.

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.