Glover acumula quatro vitórias seguidas – Erik Engelhart

Embalado com a sequência de quatro vitórias no Ultimate, a última delas no dia 13 de maio, quando nocauteou Anthony Smith, Glover Teixeira pode contar com uma ajuda de peso como preparação para o seu próximo compromisso na franquia. Fã de longa data de Mike Tyson, o peso-meio-pesado (93 kg) do UFC não descartou fazer um treino ao lado da lenda do boxe e afiar ainda mais sua trocação.

O desejo de Glover ganhou mais força quando, neste mês, foi divulgado um vídeo de Tyson ao lado de Rafael Cordeiro, líder da Kings MMA. Ao ver o pugilista em forma, o brasileiro admitiu essa possibilidade de um treino ao lado do seu ídolo e reforçou essa vontade em entrevista exclusiva à reportagem da Ag.Fight.

“Eu falei isso de treinar com o Tyson, mas nem se é uma boa. Ele é bruto para caramba, cai para dentro (risos). Mas eu queria porque ele é um ídolo, se tivesse essa chance seria uma honra. Se surgir a chance, de eu ir para Califórnia, conversar com o Rafael Cordeiro, que é o técnico dele, quem sabe, né?!”, explicou.

Aos 40 anos, Glover Teixeira compete no MMA profissional desde 2002 e acumula 31 vitórias e sete derrotas em sua carreira. O brasileiro vem em grande momento no Ultimate e enfileirou vitórias sobre Anthony Smith, Nikita Kylov, Ion Cutelaba e Karl Roberson, em sequência. O mineiro não é derrotado há quase dois anos.

Mike Tyson anunciou a volta aos treinos de boxe neste mês, pretendendo realizar lutas de exibição de três ou quatro rounds com o objetivo de ajudar as pessoas carentes ou dependentes de drogas. Existe a expectativa que o americano já volte a lutar ainda em 2020, inclusive com um reencontro com Evander Holyfield.