Gastelum lamenta discussão de McGregor e Khabib: “Alguém vai acabar levando um tiro”

Kelvin Gastelum não entrou em ação no card da Austrália – Jon Roberts/ Ag Fight

Conor McGregor e Khabib Nurmagomedov protagonizaram uma intensa troca de ofensas nas redes sociais no início desta semana, a ponto de Dana White se posicionar sobre o caso publicamente. Além do presidente do UFC, alguns lutadores também comentaram o ocorrido, como Kelvin Gastelum, que temeu que as provocações possam ter consequências mais graves fora do ambiente virtual.

De acordo com o site ‘MMA Fighting’, em conversa com jornalistas nessa quinta-feira (4), em Los Angeles (EUA), Kelvin se mostrou preocupado com a possibilidade de alguém perder a cabeça e revidar as ofensas com violência física ou até mesmo com arma de fogo. Deste modo, o desafiante ao cinturão dos pesos-médios (84 kg) do UFC propõe que deva existir um limite para o ‘trash talk’.

“Acho que há algumas linhas que não devem ser cruzadas e essa rivalidade acontecendo agora está chegando a um ponto em que não deveria. Sinto que se continuar aumentando como está, alguém vai acabar se machucando ou levando um tiro, ou algo assim. Eu realmente acredito nisso. (…) Você não deve mexer com as esposas das pessoas. Você, definitivamente, não deve mexer com a família ou a religião das pessoas”, disse Gastelum.

Ao comentar sobre o caso, Kelvin fez referência ao fato de McGregor ter ironizado a vestimenta da esposa de Khabib, que é seguidor da religião muçulmana. Em publicação no Twitter, o irlandês disse que a esposa do russo parecia uma toalha. E a reação do campeão dos leves (70 kg) foi acusar Conor de estuprador por meio da mesma rede social. Depois disso, ‘The Notorious’ postou um novo tweet e disse que respeita todas as crenças, possivelmente após ter recebido um puxão de orelha de Dana White.

Aos 27 anos, Gastelum está na fase final de sua preparação para a disputa do cinturão interino dos médios. Após derrotar Ronaldo ‘Jacaré’ em maio de 2018, o americano enfrentará Israel Adesanya no dia 13 de abril, em Atlanta (EUA), onde poderá alcançar a 16ª vitória na carreira. Além dos resultados positivos, Kelvin também possui três derrotas e uma luta sem resultado em seu cartel profissional no MMA.

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *