No Dia Internacional da Mulher, relembre lutadoras que construíram a história do MMA feminino

Ronda Rousey foi a principal estrela do MMA feminino, e quem abriu as portas do esporte no UFC - Reprodução/Instagram
Amanda Nunes entrou para a história ao se tornar a primeira mulher bicampeã no UFC - Reprodução/Instagram
Cris ‘Cyborg’ foi campeã do Strikeforce, do Invicta e do UFC, considerada por muitos a melhor lutadora de todos os tempos – Fábio Oberlaender
Joanna foi a campeã peso-palha mais dominante da história do UFC e se mantém até hoje lutando em alto nível - Reprodução/Instagram
Holly Holm chocou o mundo ao nocautear a então imbatível Ronda Rousey e conquistar o título do UFC em 2015 - Reprodução/Instagram
Liz Carmouche protagonizou, ao lado de Ronda Rousey, a primeira luta de MMA feminino da história do UFC - Reprodução/Instagram
Miesha Tate é uma das pioneiras do MMA feminino, se tornou campeã do UFC ao finalizar Holly Holm em 2016 - Reprodução/Instagram
Valentina Shevchenko é atual campeã peso-mosca do UFC e uma das atletas mais completas da história do MMA feminino - Reprodução/Instagram
Rose Namajunas chocou o mundo ao acabar com o reinado de Joanna e se sagrar campeã mundial do UFC – Reprodução/Instagram
Jessica ‘Bate-Estaca’ disputará o cinturão do UFC em maio, e é uma das principais atletas em ascensão mundial no MMA – Diego Ribas
Cat Zingano superou o suicídio do marido e problemas de depressão para dar prosseguimento à sua carreira em alto nível – Diego Ribas
Polyana Viana ficou conhecida mundialmente após impedir uma tentativa de assalto e imobilizar o ladrão com sua técnica refinada – Diego Ribas

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *