Apesar de ser um mistério o valor exato pago a cara atleta do Ultimate por luta, o site 'The Street' fez um levantamento com base somente nas bolsas divulgadas pelas comissões atléticas para definir quem é o maior deles neste quesito, de 2004 até 2019. E como esperado, o irlandês Conor McGregor está no topo dessa lista, recebendo 9,5 milhões de dólares (cerca de R$ 38 milhões). Desta forma, a equipe da Ag Fight separou os outro nove lutadores que mais faturaram no UFC nestes anos – Rigel Salazar
Quem vem na sequência do irlandês é Michael Bisping. O atleta inglês, que já foi campeão dos médios (84 kg), embolsou 7,1 milhões de dólares (cerca de R$ 28,4 milhões) nos anos que esteve ativo - Diego Ribas
O terceiro colocado é ocupado por Georges St-Pierre, ex-campeão dos meio-médios (77 kg) e médios da organização. O canadense ficou com 7 milhões de dólares (cerca de R$ 28 milhões) - Diego Ribas
O primeiro brasileiro da lista está na quarta posição. Trata-se de Anderson Silva, que durante sua carreira no Ultimate abocanhou 7 milhões de dólares (cerca de R$ 28 milhões) - Leandro Bernardes
O 'gordinho' Mark Hunt aparece no quinto posto. O peso-pesado faturou 6,4 milhões dólares (cerca de R$ 25,6 milhões) - Rigel Salazar
Lutador com mais vitórias no UFC, com 23, Donald Cerrone também está na lista. O 'Cowboy' embolsou 6,14 milhões de dólares (cerca de R$ 24,5 milhões) - Natássia Del Frate
O peso-pesado Alistair Overeem também é uma das estrelas do Ultimate que já receberam muito na franquia. O holandês ganhou 6,1 milhões de dólares (cerca de R$ 24,4 milhões) - Riger Salazar
Ex-campeão dos meio-pesados (93 kg) e peso-pesados, Daniel Cormier também está com os bolsos cheios. O americano recebeu 6,06 milhões (cerca de R$24,2 milhões) - Gaspar Bruno
Na nona posição está Vitor Belfort. Com 26 combates na organização, o brasileiro faturou 5,1 milhões de dólares (cerca de R$20,4 milhões) - Diego Ribas
Quem fecha o Top 10 da lista do site 'The Street' é o ex-campeão dos pesados, Brock Lesnar. O atleta ganhou 5,1 milhões de dólares (cerca de R$20,4 milhões) - Diego Ribas