Ausência, lesões e lutas canceladas! Confira a confusão causada por McGregor no UFC

Desde novembro 2016 um dono do título peso-leve (70 kg) do UFC não defende o seu reinado em um evento da companhia. Durante esse período, a categoria sofreu com a ausência de o seu campeão, com lutas desmarcadas e lesões dos seus principais atletas. Agora, com o cinturão em novas mãos, será que as coisas voltarão ao normal? Relembre a 'dança das cadeiras' na divisão peso-leve do Ultimate - Florian Sädler
Em novembro de 2016, Conor McGregor estreou na divisão dos leves (70 kg) para disputar o título contra o então campeão, Eddie Alvarez. Com um nocaute no segundo round, o irlandês derrotou o americano e conquistou o cinturão. Logo após o combate, o 'The Notorious' anunciou que estaria se afastando do octógono por um período enquanto acompanhava a gravidez da esposa - Diego Ribas
Considerados os dois maiores desafiantes ao título de McGregor, Tony Ferguson e Khabib Nurmagomedov foram escalados para se enfrentarem em duas oportunidades, ambas valendo o título interino da categoria. No entanto, o russo se retirou dos dois duelos em função de lesões - Diego Ribas
Durante esse período, o filho de McGregor nasce mas, ao invés de voltar para defender seu título, o irlandês faz sua estreia no boxe diante de Floyd Mayweather Jr. - Reprodução/Instagram
No dia 7 de outubro de 2017, Ferguson finalizou Kevin Lee e conquistou o cinturão interino da divisão. O duelo, originalmente, era para ser contra Nurmagomedov. No entanto, o russo se retirou do combate após sofrer lesão - Diego Ribas
Após Conor McGregor passar mais de um ano sem pisar no octógono e defender o seu título, Dana White avisou que iria destituir o irlandês do cinturão e escalou mais um duelo entre Nurmagomedov e Ferguson. O presidente da companhia garantiu que o vencedor do combate seria o novo campeão da divisão - Diego Ribas
Faltando poucos dias para o combate, Ferguson sofreu uma lesão e foi retirado do combate. Para o seu lugar foi escalado Max Holloway, que também sofreu uma contusão e foi obrigado a abandonar a luta. Finalmente, Al Iaquinta foi o escolhido para enfrentar o russo. Com boa atuação, 'The Eagle' derrotou o americano e se tornou o novo campeão dos leves - Diego Ribas
No dia seguinte após o combate, O UFC anunciou oficialmente que Conor McGregor e Tony Ferguson haviam sido destituídos dos seus respectivos títulos - Leandro Bernardes/Framephoto
No meio de todo esse turbilhão da categoria, um atleta começa a aparecer como forte candidato a próxima desafiante ao cinturão. Atualmente na 5ª posição no ranking, Dustin Poirier venceu três das suas quatro últimas lutas e vive grande momento na carreira - Reprodução/YouTube

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.