Francis Ngannou projeta disputa de cinturão em caso de vitória sobre Velasquez

Francis Ngannou encara Velasquez de olho no cinturão de Cormier – Ag Fight

Apesar de vir de vitória, Francis Ngannou teve seu braço erguido apenas uma vez em seus últimos três combates no UFC. No entanto, o retrospecto negativo do camaronês não impede o atleta de sonhar alto. De acordo com ‘O Predador’, como é conhecido, um triunfo diante de Cain Velasquez já é suficiente para credenciá-lo a uma disputa de cinturão.

O confronto entre os dois será a luta principal do UFC Phoenix deste domingo (17). O show marcará o retorno de Velasquez após mais de dois anos e meio afastado do esporte. Mas apesar do tempo de inatividade do ex-campeão peso-pesado, Ngannou não espera vida fácil durante o combate.

“Sim, tenho certeza (que uma vitória sobre Cain é suficiente para lutar pelo cinturão). Não acho (que tenha que nocautear), só tenho que ganhar. Estou bem preparado. Quer que eu diga minha estratégia? Não (risos)”, brincou Francis, antes de revelar o que espera de seu rival no domingo.

“Acho que veremos o mesmo Cain. Ele ainda tem a experiência, ele ainda tem aquilo, sabe? Ele finalizou sua última luta. Como ele venceu a última luta, ele ainda tem aquela confiança com ele e tudo mais. Ele está sempre treinando. Ele tem sempre ajudado Daniel (Cormier) com suas lutas desde que ele se ausentou. Mas estou pronto para o que for necessário”, completou o peso-pesado, em entrevista ao site ‘MMA Junkie’.

Ngannou também aproveitou para repercutir sua declaração de que gostaria de enfrentar Brock Lesnar. O camaronês confirmou o desejo, mas ressaltou que a vontade não se trata apenas de lutar contra o astro da WWE, e sim de encarar as principais estrelas dos pesos-pesados de todos os tempos – que o inspiraram a se tornar um artista marcial.

“Não se trata apenas de Lesnar. Quando eu comecei, quando soube do MMA cinco anos atrás, eu ia para o Youtube e assistia os lutadores e o campeão. Assistia caras como Cain Velasquez, Junior Dos Santos, Alistair Overeem, Brock Lesnar. Para mim eles eram os melhores, e para ser o melhor você tem que vencer os melhores. Então por isso dei essa declaração (sobre querer lutar com o Lesnar)”, concluiu o Predador.

Francis é profissional de MMA há menos de seis anos e ao longo de sua curta trajetória no esporte somou 12 vitórias e três derrotas – cartel semelhante ao de seu adversário apesar da diferença de experiência. Na estrada desde 2006, Velasquez detém um histórico de 14 triunfos e dois reveses.

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *