Ferguson chama McGregor de “McNuggets” e irlandês rebate: “Respeite minha família”

Conor McGregor foi suspenso por seis meses após confusão no UFC 229 – Diego Ribas

Sem conseguir a disputa pelo cinturão do UFC, Tony Ferguson provocou Conor McGregor e o chamou de “McNuggets”, por meio das redes sociais, em busca do seu próximo desafio na organização. No entanto, o irlandês não parece ter mordido a isca. Apesar de ter pedido que ”El Cucuy’ respeite a sua família, ‘The Notorious’ aconselhou o americano a deixar o passado de lado e seguir adiante.

Em publicação no Twitter (veja abaixo ou clique aqui), nessa terça-feira (26), Ferguson provocou: “McNuggets sem tempero”, em referência ao sobrenome do irlandês. “Conor McGregor é apenas uma réplica de quem ele costumava ser. Eu tenho uma mão direita pesada para testar no queixo dele”, completou o peso-leve (70 kg).

McGregor, então, respondeu a ‘El Cucuy’ em um tom mais sério, apesar de fazer uma brincadeira ao final da mensagem. Também por meio do Twitter, o ex-campeão dos penas (66 kg) e dos leves do UFC escreveu: “Se temos a capacidade de voltar atrás, Tony, então também temos a de avançarmos novamente. Eu desejo o seu bem e oro por você como um colega de profissão. Respeite os valores da minha família. Atenciosamente, Burger King”, concluiu, bem-humorado.

Aos 35 anos, Ferguson era cotado como próximo desafiante ao cinturão dos leves, mas, com a suspensão do campeão Khabib Nurmagomedov devido à briga generalizada no UFC 229, o Ultimate optou por escalar Max Holloway e Dustin Poirier em disputa pelo título interino da categoria, no mês de abril. Deste modo, ‘El Cucuy’, que soma um cartel profissional de 24 triunfos e três derrotas, segue com o futuro indefinido na organização.

Já McGregor, cinco anos mais jovem que o americano, também foi suspenso pela confusão em outubro de 2018, mas estará liberado para retornar aos octógonos a partir de abril. Ao longo da carreira profissional como atleta de MMA, ‘The Notorious’ acumulou 21 vitórias e quatro reveses.

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *