Ex-lutadora do UFC, Angela Magana entra em coma após cirurgia

A ex-lutadora do UFC Angela Magaña, de 35 anos, está em coma em um hospital de San Juan, em Porto Rico. A informação foi publicada nas redes sociais da atleta e confirmada pelo técnico dela, Gabriel Lamastus, ao site ‘MMA Junkie’ na manhã desta quarta-feira (17).

Ela havia publicado no Twitter e no Facebook na terça que iria se submeter a uma operação. Na noite do mesmo dia, o perfil de ‘Your Majesty’ publicou que ela não despertou após a intervenção, que visava a corrigir uma hérnia de disco.

“Mensagem do corpo técnico: houve complicações e eles não conseguiram acordá-la. Eles estão tentando muitas opções. Vamos mantê-los atualizados. Obrigado pela preocupação e amor. #TeamLaPerla”, diz o texto.

“Angela continua sem reagir. Estarei aqui na UTI do hospital (…). Lembre-se: a vida é muito curta e pode mudar em um piscar de olhos. Amamos você, Magaña”, afirma o rápido comunicado, postado já na madrugada desta quarta.

De acordo com Lamastus, Angela sentiu dores nas costas enquanto se preparava para a luta que estava agendada para 26 de abril, no Combate Americas. O treinador afirmou que ela tentou resistir à dor com o uso de medicamentos, mas precisou de cuidados mais intensos.

“Ela está em coma, e estamos aguardando algumas notícias positivas. A cirurgia correu bem. O problema foi a anestesia. É muito raro que pacientes reajam mal a anestesias, mas acontece, e acho que este é um desses raros casos. Mas sigo positivo. Ela ficará bem, vai acordar. Ela é uma lutadora”, falou.

Também no perfil da atleta, foi postada um vídeo anterior à operação no qual Angela diz estar preocupada com o desfecho da operação. “Sinto como se eu não fosse acordar e fosse morrer depois disso”, fala ‘Your Majesty’. Segundo Gabriel Lamastus, uma tia de Magaña morreu após uma anestesia.