Ex-campeão do UFC é nocauteado em estreia no ONE; Bibiano reconquista cinturão

Bibiano Fernandes reconquistou o cinturão que foi seu por cinco anos – Diego Ribas

Na manhã deste domingo (31) o ONE Championship realizou a maior edição de sua história em Tóquio (JAP). E o card que marcou a estreia de Eddie Alvarez na organização contou com uma zebra daquelas. Ex-campeão peso-leve (70 kg) do UFC, o americano foi nocauteado ainda no primeiro assalto em seu debute na liga asiática.

O revés diante de Timofey Nastyukhin fez com que o astro fosse eliminado do ‘Grand Prix’ de sua categoria já nas quartas-de-final. Mas, embora o evento ‘Nova Era’ tenha sido um fracasso para Alvarez, o mesmo não pode ser dito de Bibiano Fernandes.

Afinal de contas, o brasileiro reconquistou o cinturão peso-galo (66 kg) da companhia e desempatou o duelo pessoal contra Kevin Belingon. Agora, o amazonense lidera a disputa com duas vitórias diante do filipino e apenas uma derrota. Desta vez, no entanto, o confronto teve um desfecho inusitado.

Bibiano não liquidou a fatura com as próprias mãos e, curiosamente, quem deu fim ao combate foi Belingon. No terceiro round de um combate até então disputado, o atleta filipino aplicou cotoveladas ilegais na nuca de Fernandes. Por sua vez, o brasileiro não conseguiu retornar ao duelo após os cinco minutos protocolares para sua recuperação e, assim, foi declarado vencedor – e, consequentemente, campeão da liga.

O card também marcou a estreia de outro atleta de renome mundial: Demetrious Johnson. E o ex-campeão do Ultimate, ao contrário de Alvarez, não decepcionou. ‘Mighty Mouse’, como é conhecido, finalizou Yuya Wakamatsu no segundo round com uma guilhotina bem encaixada. O triunfo fez com que o americano avançasse para a fase semi-final do ‘GP’ dos pesos-moscas (61 kg) do ONE.

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *