Em nome de Pennington, Torres defende técnico que impediu desistência

Pennington sofreu um duro massacre contra Amanda – Leandro Bernardes/Ag. Fight

As palavras do treinador de Raquel Pennington no intervalo do quarto para o quinto round do combate principal do UFC 224, contra Amanda Nunes, ainda causam polêmica. Tecia Torres, noiva de Raquel e também atleta do Ultimate, publicou um texto no Instagram (veja abaixo ou clique aqui) defendendo o técnico, que impediu a lutadora de desistir.

Pennington deixou o octógono nocauteada e com a suspeita de uma fratura no nariz. Na entrevista pós-evento, a adversária e amiga Amanda, campeã peso-galo (61 kg), criticou o treinador por não jogar a toalha quando Raquel declarou não ter mais condições. Tecia, por sua vez, declarou que tanto ela quanto a noiva estão com o técnico.

“Nós duas e nossos treinadores concordamos com a decisão de ter ido ao quinto round. Conhecemos Raquel mais do que qualquer pessoa e sabemos que, se tivéssemos desistido dela naquele momento, ela teria se arrependido disso para sempre. Ela lutou com coração e coragem até o fim”, escreveu.

“Estou extremamente orgulhosa de minha mulher. Você é uma guerreira, baby. Lutou cada segundo.
Você continua a me surpreender diariamente. Você me motivou a trabalhar duro e, um dia, também receber a oportunidade de lutar pelo título do UFC. Nós somos o 1%. Pouquíssimos vão saber pelo que passamos como lutadores e uma porcentagem ainda menor vai conquistar a chance de lutar em um grande palco e pelo cinturão mundial”, analisou Torres.

Pennington tem nove vitórias e seis derrotas na carreira. Antes de ser derrotada por Amanda, ‘Rocky’ tinha quatro triunfos consecutivos, o último deles diante da ex-campeã Miesha Tate.

Um vídeo publicado por ufc (@ufc) em

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.