Eddie Alvarez quebra silêncio e exibe olho desfigurado após derrota no ONE; veja

Eddie Alvarez, ex-campeão peso-leve (70 kg) do Bellator e do UFC, deu uma reviravolta em sua carreira ao firmar contrato com o ONE Championship. No entanto, a estreia na organização asiática não foi como o esperado: derrota por nocaute ainda no primeiro assalto. E, após ser superado no último domingo (31), o veterano se pronunciou através de suas redes sociais (veja abaixo ou clique aqui).

O post chamou a atenção dos fãs pelas marcas que o combate deixou no rosto do americano. Golpeado de forma significativa por Timofey Nastyukhin, Alvarez teve o olho totalmente desfigurado. Além de lamentar o revés sofrido em sua estreia no ONE, o ex-campeão do UFC exibiu suas pálpebras cortadas ao meio.

“Ei, pessoal. Antes de mais nada, parabéns ao Timofey em sua vitória. Ele é muito merecedor de tudo. Desejo-lhe o melhor no torneio. Honestamente falando, a maneira como lutei não é um reflexo do meu treinamento, de meus treinadores, de minha equipe, não é nem mesmo um reflexo das minhas crenças. Estou sinceramente desapontado e confuso com a minha incapacidade de tomar uma decisão e com a minha hesitação. Tem sido bastante confuso. O treinador Mark (Henry) sempre enfatiza: ‘Hesitação é a morte’, e não é algo que esteja no meu caráter fazer. Nesta luta em particular, esperei muito tempo por uma abertura e paguei o preço final. O soco que me atingiu instantaneamente me cegou e dividiu as duas pálpebras ao meio. Parecia que meu olho explodiu por dentro, e a dor foi instantânea”, descreveu Eddie, em parte de seu pronunciamento.

Com a derrota, Eddie Alvarez foi eliminado do Grand Prix de sua divisão ainda nas quartas-de-final. Demetrious Johnson, por sua vez, conseguiu um desfecho melhor em sua estreia na liga. O ex-campeão peso-mosca (57 kg) do Ultimate venceu sua primeira luta no ONE por finalização e avançou à fase semifinal do torneio de sua categoria.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Hey guys First and foremost congrats to Timofey in his victory , He is very deserving of everything that comes with victory and I wish him the best in the continued tournament . Honestly speaking how I fought my One Championship debut is not a reflection of my training my coaches , my team , it’s not even a reflection of my beliefs . I am sincerely disappointed and confused in my inability to not pull the trigger and my hesitancy on recent fight nights , it’s been quite confusing to figure out the past year or so . Coach Mark always stresses “hesitancy is Death” and it’s not something that is even in my character to do . In this particular fight I waited too long for an opening and paid the ultimate price . The punch that hit me , instantly blinded me and split both eyelids in half . It felt like my eye exploded from the inside and the pain was instant . From an outsider watching myself I should of have expected the result considering my actions . You have to punch , kick , takedown and pressure to win a fight , I waited . I simply waited too long for the correct timing and opening that never came . Fighting continues to teach me life lessons thru my victories and even more through tough defeats . Victory and defeat are by products of putting it on the line , they have been inescapable throughout my whole life . I hope to be judged on how I adjust and pivot from defeat and behave in victory rather than the result of a small moment in time . To my Wife /kids family , coaches , teams mates , friends and to all the fans , thank you always for your continued support , doing this is very lonely and isolated , a simple pat on the back goes a long long way . Thank you thank you thank you . I will make adjustments and come back true to form 👊🏼👊🏼👊🏼👊🏼 #UGK

Uma publicação compartilhada por Eddie Alvarez (@ealvarezfight) em