Desafiante ao título do UFC diz “não se importar” com filha e namorada grávida; fãs condenam

Invicto, Darren Till disputará o cinturão contra Tyron Woodley no UFC 228 – Diego Ribas

Darren Till é o próximo desafiante ao título meio-médio (77 kg) do UFC e, para conquistar o cinturão, parece disposto a abdicar de qualquer coisa que possa tirar o seu foco. Mas, de maneira no mínimo polêmica, o inglês fez uma declaração na qual parece elevar sua concentração a um nível um tanto individualista. Till afirmou, em entrevista coletiva após o UFC 227, no último sábado (4), que “não se importa” com a filha e a namorada, grávida de 7 meses, durante sua preparação para o duelo contra o campeão Tyron Woodley, no dia 8 de setembro.

‘The Gorilla’ é natural da cidade de Liverpool (ING), mas viveu por quase quatro anos no Brasil. Em 2013, ele desembarcou no estado de Santa Catarina para aprimorar seu MMA. Ao chegar lá, treinou na equipe Astra Fight Team, localizada no Balneário Camboriú, até voltar para sua terra natal no final de 2016. Durante o período em que esteve no Sul do país, Till teve um relacionamento com uma brasileira cujo fruto foi sua primeira filha, citada por ele durante a entrevista.

“Você não pode ter preocupações fora deste jogo. Tenho uma namorada que está grávida de quase sete meses. Eu realmente não me importo. Eu tenho uma filha no Brasil que não vejo há um ano. Eu realmente não me importo. Eu apenas me preocupo com legado e grandeza. É para isso que estou aqui”, afirmou o desafiante.

Com apenas 25 anos, o inglês está invicto na carreira profissional. Sua última luta no UFC foi contra Stephen Thompson, a quem venceu por decisão unânime. Till estreou na organização em maio de 2015 e, desde então, acumulou cinco triunfos e um empate, retrospecto que lhe credenciou à disputa do cinturão. O inglês, entretanto, declarou ter o desejo de ir além.

“Eu não estou aqui para ganhar dinheiro, ser campeão, e depois sair. Estou aqui para as pessoas dizerem depois: ‘Você foi o melhor’. Essa é a minha única mentalidade. Dane-se o dinheiro e todo o resto”, finalizou.

As palavras de Darren foram muito criticadas por fãs de MMA nas redes sociais. Pelo Twitter, internautas condenaram o fato de o britânico relegar sua família a segundo plano, sobretudo por se tratarem de duas crianças e de sua namorada. Alguns chegaram a dizer que vão torcer para Woodley no confronto pelo cinturão. O usuário Christian Frey, por exemplo, rebateu as palavras do lutador. “Seu legado é o que você ensina às suas crianças e como você as cria para serem boas pessoas”, escreveu. Outro seguidor do inglês, intitulado Rich Coelho na rede social, cobrou de Darren uma explicação. “Espero que seus filhos nunca vejam estes vídeos”, publicou.

Com 17 vitórias e um empate na carreira como lutador profissional de MMA, Darren Till colocará sua invencibilidade à prova contra Tyron Woodley no UFC 228. A ideia inicial do Ultimate era unificar o título dos meio-médios em combate do campeão linear contra o interino Colby Covington, mas uma lesão o impossibilitou de participar na data prevista para o evento.

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.