Desafeto de McGregor chama irlandês para luta de boxe sem luvas

Paulie Malignaggi nem bem migrou para o boxe sem luvas e já apontou seu alvo: Conor McGregor. O ex-pugilista foi anunciado como lutador do Bare Knuckle Fighting Championship, organização da modalidade, e no mesmo dia chamou o irlandês, seu maior desafeto, para uma luta no evento.

A realização da ideia, entretanto, é muito improvável, mesmo que Conor se interesse. O UFC trabalha com contratos de exclusividade com seus lutadores e, quando McGregor lutou boxe contra Floyd Mayweather, a organização foi parceira na promoção do combate. Em outro sinal de que a liberação de Conor para enfrentar ‘Money’ foi única, o Ultimate logo se apressou em esfriar os rumores de um combate entre Khabib Nurmagomedov e Floyd no ano passado.

No caso de Malignaggi, a maior organização de MMA do mundo teria de apoiar um duelo de sua maior estrela em uma companhia iniciante e em uma modalidade rival. Ainda assim, Paulie manifestou seu desejo, por meio do Twitter (veja abaixo ou clique aqui).

“Conor, o covarde, com rounds de 2 minutos, estou certo de que nem você poderia desistir. É tempo de resolver”, escreveu, alfinetando o irlandês pelo fato de ele ter sofrido todas as suas derrotas no MMA por finalização, quando o atleta sinaliza não ter mais condições de continuar.

Apesar do convite de Malignaggi, outra luta parece mais provável para ele. Artem Lobov, companheiro de treinos de McGregor e ex-lutador do UFC, assinou recentemente com o Bare Knuckle Fighting Championship e já vai fazer sua estreia em abril, contra Jason Knight. Por isso, as especulações sobre um combate entre o amigo de Conor e um de seus rivais já têm ganhado força.

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *