Desafeto de McGregor ataca amigo do irlandês: “Deveria colocá-lo no hospital”

Conor McGregor é companheiro de treinos de Artem Lobov da ‘SBG Ireland’ – Diego Ribas

Paulie Malignaggi rompeu relações com Conor McGregor durante a preparação do irlandês para a luta de boxe contra Floyd Mayweather, em 2017. Agora na organização de boxe sem luvas Bare Knuckle FC, o americano projeta enfrentar o companheiro de equipe de ‘The Notorious’, Artem Lobov. E o ex-pugilista não pretende apenas vencer o atleta russo, como também castigá-lo a ponto dele ter que ir para o hospital, conforme afirmou nessa terça-feira (2), em conversa com jornalistas.

De acordo com o site ‘MMA Junkie’, Malignaggi estima que um possível duelo contra Lobov lhe renderia uma boa recompensa financeira. Deste modo, apesar de ter se desentendido com o russo durante o ‘media day’ dessa terça, ele torce para que o ex-lutador do UFC vença a sua estreia na organização neste sábado (6), contra o também ex-Ultimate Jason Knight.

“Se eu pegar alguém da equipe de Conor (McGregor) no ringue, o objetivo não é apenas vencer, porque é claro que vou ganhar. (…) Eu não deveria apenas bater no Lobov; Eu deveria colocá-lo no hospital. Caso contrário, não será uma vitória para mim”, ressaltou, antes de justificar por que também almeja tanto o duelo contra o russo.

“E, claro, o dinheiro que eles vão me pagar para lutar com um cara como Lobov será mais dinheiro do que eu fiz em algumas das minhas maiores lutas, e estarei basicamente lutando contra um saco de pancadas com pernas para conseguir esse dinheiro. Então, só posso esperar que o sábado seja bom para ele”, completou.

Artem Lobov deixou o UFC em janeiro, após três derrotas consecutivas na organização. Agora no Bare Knuckle FC, o russo somou 13 vitórias, 15 reveses, um empate e uma luta sem resultado ao longo da carreira profissional como atleta de MMA. Já Malignaggi possui um cartel no boxe de 36 vitórias e oito derrotas.