Dana White justifica chance a lutador amputado no ‘Contender Series’: “O garoto chegou e implorou”

Nick tem 14 vitórias e apenas uma derrota no MMA – Divulgação/WSOF

Pelo que já mostrou em diversas situações ao longo dos anos de presidência do UFC, Dana White não tem problemas em mudar de ideia. Assim como fez quando criou categorias femininas alguns anos depois de garantir que isso jamais aconteceria, o dirigente vai dar uma chance para Nick Newell.

O peso-leve (70 kg), que tem uma amputação congênita no braço esquerdo, chamou a atenção ainda em 2013, quando chegou invicto ao WSOF – atual PFL. Na ocasião, em entrevista ao site ‘TMZ Sports’, Dana afirmou que o Ultimate não o contrataria. “Com duas mãos já é difícil no UFC. Me diga alguém relevante que ele venceu, e vamos falar sobre trazê-lo. O garoto é talentoso, tem muita raça. [Mas] Eu não quero vê-lo se machucar. Ninguém quer. Seria ruim para todo mundo”, disse á época.

Ele vai participar da próxima temporada do ‘Tuesday Night Contender Series’, programa em que lutadores se enfrentam em busca de impressionar Dana e ganhar uma oportunidade nos eventos oficiais da organização. O episódio de estreia acontece nesta terça, às 21h (de Brasília), com transmissão do canal Combate, mas Newell só luta em julho. White afirmou que, diante dos pedidos de Nick, decidiu oferecer uma vaga no evento.

“Para ser honesto com você, não estou fazendo isso por mim ou pelo UFC ou nada disso. Estou fazendo isso por esse garoto. O garoto chegou e implorou – é o sonho dele, é aquilo pelo qual ele vive, e isso é o que o cara trabalhou a vida toda para conseguir. Ele quer muito. E eu sentado ali: ‘Isso é louco, cara, mas vou fazer isso. Vou dar sua chance'”, declarou ao site ‘MMA Junkie’.

Newell, que tem 14 vitórias e uma derrota na carreira, havia se afastado do MMA em 2015, após vencer quatro de cinco lutas no WSOF, mas retornou em março deste ano, derrotando Sonny Luque por finalização no LFA 35. O único revés de Nick em 15 lutas foi contra Justin Gaethje, número 7 do ranking do UFC.

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.