Dana White descarta Waterson e sugere Suarez como desafiante de ‘Bate-Estaca’

 

Dana White é o presidente da maior organização de MMA do planeta – Diego Ribas

Diante da indefinição sobre o futuro de Rose Namajunas no UFC, Tatiana Suarez tende a ser a escolhida como a próxima desafiante ao cinturão dos pesos-palhas (52 kg) da organização, hoje nas mãos da brasileira Jéssica ‘Bate-Estaca’. De acordo com Dana White, presidente do Ultimate, a americana possui grandes chances de disputar o título. Porém, ela primeiro terá que comprovar que está em plenas condições de saúde.

Isso porque, após a vitória no evento do último sábado (8), em Chicago (EUA), Tatiana relatou ter lesionado o pescoço durante a preparação para a luta. Deste modo, ela não sabe daqui a quanto tempo terá condições de retornar ao octógono. Com isso, o presidente do UFC, em entrevista coletiva, relatou que precisará do aval médico da lutadora antes de definir quem será a próxima desafiante de ‘Bate-Estaca’. Mas um nome já parece ter sido descartado por Dana White: o de Michelle Waterson, atual sétima colocada no ranking da categoria.

“Definitivamente não será a Michelle Waterson. Michelle Waterson não quer lutar até setembro, outubro ou algo assim e ela não está tão bem colocada no ranking. Mas Tatiana Suarez… Quero ter certeza de que o pescoço dela está bem”, ressaltou o presidente do Ultimate, após ser questionado sobre as chances de ‘Karate Hottie’.

Atual segunda colocada na divisão dos palhas, Suarez está invicta na carreira profissional como atleta de MMA, com oito triunfos. À frente dela no ranking aparece apenas a ex-campeã, Rose Namajunas, que, após sucumbir diante de ‘Bate-Estaca’, declarou que cogita se aposentar das artes marciais mistas.