‘Cyborg’ revela indignação por saber de mudança no UFC 232 pela internet

Cris ‘Cyborg’ colocará o cinturão dos penas em jogo contra Amanda Nunes – Diego Ribas

A campeã peso-pena (66 kg) do UFC, Cris ‘Cyborg’, contou no início desta semana à Ag. Fight que soube da mudança de local do evento do próximo sábado (29) da mesma maneira que os fãs: pela internet. Na entrevista, a lutadora lembrou que não tem influência sobre este tipo de decisão, uma vez que é uma contratada da organização. Agora, após a poeira baixar, a atleta voltou a se posicionar e demonstrou indignação por ter não ter sido avisada anteriormente sobre a decisão de alterar o show de Las Vegas para Inglewood.

Em entrevista publicada em seu canal no site do YouTube (veja abaixo ou clique aqui), ‘Cyborg’ contou que não gostou de saber pela imprensa, a menos de uma semana do evento, que seria na cidade californiana que ela colocaria seu cinturão em jogo contra Amanda Nunes. No vídeo, Cris enfatiza que nem mesmo o seu empresário havia tomado conhecimento da mudança, revelada apenas no último domingo (23).

“Isso é loucura. Eles deveriam ter entrado em contato com todo mundo. Somos parceiros. (…) E eles não entram em contato com você antes. Eu estava em contato com o meu empresário e ele também não sabia. Ele estava comprando presentes para a família dele. Ninguém sabia. Eu li na internet. Realmente não gostei disso. Como você pode avisar à mídia e não avisar aos lutadores? Para você se preparar e lidar com isso com antecedência. Há quanto tempo eles sabiam disso?”, indagou.

Ainda na conversa divulgada em seu canal, a campeã peso-pena comentou sobre o próximo desafio no Ultimate, para o qual se disse pronta. Apesar de confiante para o combate, “não importa onde” aconteça, Cris reiterou descontentamento com a mudança de local, pois isso impossibilitará que parte dos seus fãs esteja presente.

“Eu treinei para essa luta durante nove meses. Quero lutar. Eu me sinto chateada pelos fãs, as pessoas que compraram ingresso (para Las Vegas). Mas meus planos continuam, eu vou lutar com a Amanda. Não importa onde. (…) Estou pronta. Já estava pronta há muito tempo para essa luta. Eu realmente não quero mudar a data. Mas estou triste com as pessoas que não poderão vir”, confessou.

O motivo da alteração de local foi o fato de Jones ter sido flagrado com resquícios do esteroide turinabol em exame antidoping. Deste modo, a Comissão Atlética de Nevada (NSAC) não permitiu que ‘Bones’ atuasse em Las Vegas, ao alegar que não teria tempo suficiente para investigar o resultado dos testes até a data agendada. Assim, o UFC 232 foi transferido para Inglewood, na Califórnia, onde Jones já tinha autorização para lutar, já que foi julgado recentemente pela comissão local pelo uso da mesma substância em 2017.

Aos 33 anos, Cris ‘Cyborg’ somou, até o momento, 20 vitórias, uma derrota e uma luta sem resultado ao longo da carreira profissional no MMA. Jé a sua próxima desafiante Amanda Nunes, a ‘Leoa’, contabiliza 16 triunfos e quatro reveses no cartel.

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.