‘Cowboy’ enfrenta chinês em card de Jacaré vs Romero; evento tem mais cinco brasileiros

‘Cowboy’ é um dos sete brasileiros já confirmados para o UFC Miami – Gaspar Bruno

Como sempre, sem muita demora: quatro meses após ser derrotado por Gunnar Nelson, Alex ‘Cowboy’ vai voltar ao octógono do UFC. O meio-médio (77 kg) tem compromisso marcado contra Li Jingliang no UFC Miami, no dia 27 de abril. O card terá, em sua luta principal, Ronaldo ‘Jacaré’ enfrentando Yoel Romero, em um duelo fundamental para o futuro da categoria dos médios (84 kg). O ‘co-main event’ será entre Glover Teixeira e Ion Cutelaba, em combate válido pelos meio-pesados (93 kg).

‘Cowboy’, que vai tentar voltar à coluna das vitórias, será — ao menos em tese — o maior desafio da carreira de Jingliang. O chinês vem de seis triunfos em seus últimos sete duelos, mas teve a mão levantada sempre contra atletas sem muito renome na categoria. Agora, Li terá a missão de mostrar que está pronto para ao menos ‘namorar’ o ranking dos 15 melhores lutadores de sua divisão.

O Ultimate confirmou também quatro combates envolvendo brasileiros. No peso-galo (61 kg), John Lineker vai finalmente medir forças contra Cody Sandhagen. Os dois tiveram encontro marcado para o UFC Brooklyn, em janeiro, mas uma lesão do ‘Mãos de Pedra’ impediu que o duelo se concretizasse.

Depois de estrear com vitória sobre Chase Sherman, Augusto Sakai terá pela frente um desafio maior. Andrei Arlovski, ex-campeão da categoria, não vence há quatro lutas, mas, em 2017, frustrou um brasileiro que chegou ao Ultimate em situação parecida. Na ocasião, Júnior ‘Baby’ surpreendeu ao nocautear Tim Johnson, mas acabou perdendo por decisão unânime para o bielorrusso. O Ultimate ainda anunciou oficialmente as lutas de ‘Livinha’ Souza, que encara Carla Esparza em um confronto peso-palha (52 kg), e Dhiego Lima, oponente do veterano Court McGee entre os meio-médios.

Para além dos brasileiros, há ainda no card os seguintes duelos: Jim Miller vs Jason Gonzalez, pelos leves (70 kg), Jessica Penne vs Jodie Esquibel, nos palhas, e Greg Hardy vs Dmitrii Smoliakov, entre os pesados. O combate feminino, inclusive, é mais um neste card que já deveria ter acontecido: Penne se lesionou na manhã do UFC Phoenix, em fevereiro, e o confronto acabou postergado.

Depois de perder por desclassificação em sua estreia, em janeiro, Hardy tentará recuperar-se da frustração contra Smoliakov. O russo teve uma primeira passagem pelo Ultimate muito ruim, tendo sido finalizado por Luis Henrique ‘KLB’ e nocauteado por Cyril Asker. Após ganhar uma luta fora da organização, Dmitrii recebeu uma segunda chance.

 

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *