Covington ironiza Khabib e diz que luta contra russo seria “desafio fácil”

Antes do UFC 235, Covington provocou Usman usando um megafone – Diego Ribas

A metralhadora giratória de provocações de Colby Covington continua em atividade – agora com Khabib Nurmagomedov na mira. O ex-campeão interino dos meio-médios (77 kg), que é um dos vários desafetos do empresário Ali Abdelaziz, afirmou que pretende derrotar dois dos maiores clientes do agente em sequência: primeiro Kamaru Usman, detentor do cinturão de sua divisão, e depois Khabib.

Em entrevista ao programa ‘Submission Radio’, ‘Chaos’ prometeu fazer o empresário “chorar” ao derrotar duas de suas maiores fontes de renda. Segundo Colby, que ironizou a personalidade temperamental de Ali, nem seria necessário descer para os leves a fim de enfrentar Nurmagomedov.

“É uma luta fácil. E ele (Khabib) já foi questionado sobre lutar com GSP entre os leves e os meio-médios, e eu posso bater peso entre essas duas categorias, porque não sou um meio-médio grande. Então, vai ser mais recompensador vencer dois dos maiores clientes de Ali e deixá-lo chorando, cara. Ele já é emocional. Você viu quão à flor da pele ele estava na última luta. Então, derrubar dois dos seus clientes vai gerar um sentimento muito bom”, falou.

O lutador ainda deu as suas razões para estar tão confiante de que venceria Khabib. De acordo com ‘Chaos’, o russo, que tem 27 lutas e 27 vitórias como profissional, nunca enfrentou alguém com o wrestling tão qualificado quanto o dele.

“Cara, seria meu desafio mais fácil. Ele é pequeno e não faz o que eu faço tão bem quanto eu. Ele não tem um wrestling tão bom quanto o meu, nunca enfrentou um All American da Divisão 1, um cara que tenha feito wrestling a vida toda. Essa m**** de sambo… Essa m**** é fraca, cara. Se wrestling fosse fácil, seria chamado de sambo. Mas não é. Chama-se wrestling”, falou, em referência a uma antiga provocação de Nurmagomedov ao jiu-jitsu.

Covington teve um entrevero com Abdelaziz na semana do UFC 235, no início de março, quando o empresário foi para cima do ex-campeão interino dos meio-médios. Colby vinha provocando Usman nos dias anteriores, tendo ido, inclusive, ao treino aberto do evento com um megafone para ser ouvido pelo nigeriano. Sarcástico, ‘Chaos’ disse que Ali não conseguiu atingi-lo por ser “lento como uma p**** de uma tartaruga”.

Deixar uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *