Conor McGregor cogita revanche contra Mayweather: “Será interessante”

Conor McGregor atualmente cumpre suspensão pela confusão causada no UFC 229 – Diego Ribas

Entre o final de 2016 e de 2018, Conor McGregor viveu um hiato de atuações no MMA. Entretanto, isso não significou que sua vida como lutador ficou inativa ou em segundo plano, muito pelo contrário. Isso porque, em agosto de 2017, o irlandês protagonizou um combate de boxe contra Floyd Mayweather que fez os fãs ao redor de todo o mundo voltarem suas atenções para o duelo – que pode acontecer novamente.

Nesta quarta-feira (6), o falastrão utilizou suas redes sociais (veja abaixo ou clique aqui) para responder uma publicação de um fã, que relembrou o duelo contra ‘Money’ compartilhando um determinado momento da luta. Conor analisou os golpes em questão e projetou uma revanche contra o pugilista milionário americano.

“Eu peguei ele com o gancho de direita aqui. A angulação foi feita. Ele estava em apuros. Tinha apenas que corrigir o posicionamento das minhas pernas e atacar. Lançando o gancho de direita eu perdi o equilíbrio na minha mão de trás. Grande luta de boxe! Uma revanche será interessante, sem dúvidas”, escreveu o falastrão irlandês em sua conta no Twitter.

McGregor e Floyd mediram forças no dia 26 de agosto de 2017, na ‘T-Mobile Arena’, em Las Vegas (EUA). Como não poderia deixar de ser, levando em consideração os atletas envolvidos, o confronto foi um sucesso de vendas e audiência na época. Apesar de não ser um pugilista de origem, Conor resistiu dez rounds contra Mayweather – que venceu por nocaute técnico.

Pouco mais de um ano após de aventurar no boxe, o irlandês retornou ao UFC para tentar reconquistar o cinturão da organização. No entanto, o revés sofrido para Khabib Nurmagomedov frustrou os planos de retomar seu reinado entre os pesos-leves (70 kg) do Ultimate.

1 comentárioDeixar comentário

  • este babaca do macgregor deveria ser banido do mundo das artes marciais e lutas.
    Ele é um “brigador”, arruaceiro, não um lutador.
    Uma desonra e vergonha para todos nós praticantes de artes marcias e boxe.
    A culpa é de Dana white que deixou este monstro se criar.
    E no Brasil, a culpa é do Canal Combate que dá moral e ênfase para este gangstersinho.